Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grupo 2 de Diadema vem desfalcado


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

26/02/2006 | 08:09


Neste domingo é a vez das escolas do Grupo 2 do Carnaval de Diadema agitarem a avenida Dr. Ulisses Guimarães. Mas a folia não será completa. As pleiteantes Acadêmicos da Liberdade e Eldorado Estação do Samba, que fariam suas estréias no Carnaval, não conseguiram terminar a tempo os preparativos para o desfile e não entrarão na avenida. Com as baixas, cai para cinco o número de escolas que disputam vaga na elite do Carnaval de Diadema.

As desistências também devem fazer com que a festa na avenida termine mais cedo. Agora, a previsão é de que a última escola do Grupo 2 entre na avenida às 3h e não às 5h45, como ocorreria caso as duas pleiteantes participassem da festa. Essas mudanças não devem mudar o horário de início da festa. Às 20h, o bloco Afoxé/Axé Odara entra na avenida para animar a turma da arquibancada e preparar o clima para a entrada das escolas de samba.

Às 22h, a Tradição Centro-Sul abre o Carnaval do Grupo 2 de Diadema. A escola ficou em último lugar entre as nove escolas que disputavam a elite do Carnaval de Diadema no ano passado. Perdeu pontos por entrar com cerca de um hora de atraso na avenida e, de quebra, com número insuficiente de carros alegóricos. Este ano, a Tradição leva para avenida a história da comunicação. O enredo começa na pré-história, com as pinturas rupestres, e termina com a internet.

Em seguida é a vez da Unidos da Vila. A escola leva para avenida a chegada dos negros no Brasil. “Vamos falar da escravatura à liberdade”, afirma Sônia Regina Silva, presidente da agremiação. A Unidos é uma das escolas de maior tradição no Carnaval de Diadema. Cinco vezes campeã do Grupo 1, a agremiação foi rebaixada em 2005, ao terminar em sexto lugar na classificação geral do Grupo 1. “Esse ano pegamos a escola sem nada. Fizemos o Carnaval na raça”, diz.

A Unidos do Santa Cruz entra logo depois na Ulisses Guimarães. Campeã em 2003 do Grupo 1, esse é o segundo ano da escola no bloco de acesso. Para tentar retornar à elite do Carnaval, a agremiação resgata em seu samba as personagens emblemáticas do folclore. Tem mula sem cabeça, curupira, boi-bumbá, e Iara, mãe das águas.

“Tivemos que pesquisar bastante. Foi interessante ver como o pessoal do interior leva a sério essas lendas. E, no meio disso tudo, quem somos nós para desmenti-los”, afirma Joice Munhoz de Camargo, diretora-geral do Carnaval da Unidos da Santa Cruz.

A festa termina com os desfiles das escolas Fantasia e Realidade, à 1h45, e Mocidade Independente do Jardim Inamar, às 3h.

Infra-estrutura – A organização para o desfile das escolas do Grupo 2 de Diadema será a mesma oferecida no sábado na avenida Ulisses Guimarães, quando desfilou o Grupo 1. Estarão à disposição dos foliões 31 banheiros químicos, dois pontos de distribuição de água e 70 tendas para venda de comidas e bebidas. A segurança será garantida por um efetivo formado por 100 policiais militares e 90 guardas municipais. Para garantir a segurança da turma das escolas serão instalados 400 metros de gradil junto às arquibancadas nas áreas de dispersão e concentração.

Segunda e terça-feira, a avenida Ulisses Guimarães se transformará em um salão de bailes a céu aberto. Estão programadas matinês, das 15h às 18h, e noitadas, a partir das 22h. A apuração das escolas dos grupos 1 e 2 será realizada na terça-feira, no ginásio Mané Garrincha.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;