Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Figurinhas da Estrela Solitária

A página de hoje do acervo de álbuns de figurinhas de Moacir Andrade Peres homenageia Rodrigo Saturnino Braga, um dos mais presentes às reuniões mensais do Memofut que vinham sendo realizadas no Pacaembu antes da explosão do novo coranovirus.


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 00:01


“Botafogo, Botafogo, campeão desde 1907. Foste herói em cada jogo, Botafogo. Por isso que tu és e hás de ser nosso imenso prazer.”

Versos iniciais do hino oficial do Botafogo de Futebol e Regatas, composição de Lamartine Babo datada de 1949, antes da oficialização do título carioca de 1907 – por isso, na letra original, aparece o ano de 1910.

------

Rodrigo é torcedor botafoguense. Sabe tudo do clube e do futebol em geral, tanto do Rio como de outras paragens, nacionais e internacionais. Dono de uma didática que conduz o interlocutor para dentro do campo de jogo. Uma dessas enciclopédias que dão vida ao Grupo de Literatura e Memória do Futebol – e como é bom ouvir suas argumentações e informações no diálogo com outros ‘cobras’ do Memofut.

Para nós do Grande ABC foi uma alegria a mais saber que o avô de Rodrigo trabalhou numa das primeiras grandes indústrias da Via Anchieta, a Mercswiss-Mercantil Suíça, fábrica de bicicletas e máquinas de costura cujas instalações originais, com sua imensa caixa-d’água, permanecem no km 22,5, em terras da Linha Jurubatuba, linha colonial hoje absorvida pelo urbano bairro Assunção.

Anos dourados

Texto: Milton Parron

Iniciaremos neste fim de semana alguns programas dentro do Projeto Memória, revivendo os fatos mais emblemáticos da década de 1960, os chamados anos dourados. 

Astronáutica, ciência médica, esportes, política, polícia, artes em geral, principalmente música, tudo que foi registrado pelo rádio naqueles mágicos dez anos será reprisado. 

Na música, por exemplo, os inesquecíveis festivais de San Remo e a magia da música italiana que invadiu o mundo. Quem se lembra? "Al Di La", Non Ho l’Eta, Se Piangi, se Ridi...

Para não ficar somente em terreno italiano, destacaremos:

- A incrível ousadia do lusitano Henrique Galvão, que sequestrou um navio para protestar contra a ditadura Salazar em Portugal. Acabou preso quando o navio sob seu comando aportou em Recife e lá foi entrevistado pelo saudoso Carlos Spera. 

- As primeiras aventuras do homem no espaço e sua chegada, finalmente, à Lua. 

- Brasil bicampeão mundial de futebol em 1962 e o fracasso de 1966. 

- O ‘Galo de Ouro’ Eder Jofre e a surra histórica em Eloy Sanchez.

- Os pioneiros transplantes de coração e de rins pelas equipes dos professores Zerbine e Campos Freire no Hospital das Clínicas, coberturas das quais até hoje não recuperei o sono de tantas noites e madrugadas de plantão na porta daquele hospital.

Esses são alguns aperitivos de um cardápio variadíssimo que será oferecido aos ouvintes do programa Memória neste e nos próximos cinco fins de semana.

EM PAUTA – Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – Anos Dourados – 1º de uma série de seis programas. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, amanhã, às 5h. Na internet: www.radiobandeirantes.com.br.

Diário há meio século

Sábado, 6 de junho de 1970; ano 12; edição 1251

Manchete – Nova vitória do Brasil: o melhor estado físico

Apesar da contusão de Gerson e Felix, a Seleção estava muito bem fisicamente à espera do jogo com a Inglaterra.

Naquele dia jogariam Uruguai e Itália, em transmissão direta pela TV, duas equipes que cruzariam com o Brasil na campanha pelo tri.

Em 6 de junho de...

1920 – O primeiro 7 a 1 histórico brasileiro: Paulistas goleiam os Cariocas no estádio do Fluminense, em disputa da Taça Rodrigues Alves.

Era o reatamento das relações esportivas entre a Liga Metropolitana do Rio e a Associação Paulista.

Brilharam Friedenreich e Mario Andrada, cada qual com três gols.

Amistoso em Santo André: o Primeiro de Maio recebe o Brasil FC, da Capital.

1944 – O chamado Dia D, o dia decisivo em que os aliados ocidentais desembarcaram nas costas da França, dando início ao fim da II Guerra Mundial. 

Colaboração: Célio Augusto da Silva.

1955 – Morre, em São Paulo, Wallace Cochrane Simonsen, líder autonomista de São Bernardo e seu primeiro prefeito, em 1945, quando da recuperação da autonomia municipal.

1965 – Morre o monsenhor Aleksandras Venacio Arminas, primeiro vigário de Mauá. Seu corpo foi sepultado no Cemitério da Saudade, em Vila Vitória.

Hoje

- Dia Nacional do Teste do Pezinho

Santo do dia 

- Marcelino Champagnat

Município brasileiro

- Hoje é o aniversário de Osvaldo Cruz. Elevado a município em 1945, quando se separa de Guararapes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Figurinhas da Estrela Solitária

A página de hoje do acervo de álbuns de figurinhas de Moacir Andrade Peres homenageia Rodrigo Saturnino Braga, um dos mais presentes às reuniões mensais do Memofut que vinham sendo realizadas no Pacaembu antes da explosão do novo coranovirus.

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 00:01


“Botafogo, Botafogo, campeão desde 1907. Foste herói em cada jogo, Botafogo. Por isso que tu és e hás de ser nosso imenso prazer.”

Versos iniciais do hino oficial do Botafogo de Futebol e Regatas, composição de Lamartine Babo datada de 1949, antes da oficialização do título carioca de 1907 – por isso, na letra original, aparece o ano de 1910.

------

Rodrigo é torcedor botafoguense. Sabe tudo do clube e do futebol em geral, tanto do Rio como de outras paragens, nacionais e internacionais. Dono de uma didática que conduz o interlocutor para dentro do campo de jogo. Uma dessas enciclopédias que dão vida ao Grupo de Literatura e Memória do Futebol – e como é bom ouvir suas argumentações e informações no diálogo com outros ‘cobras’ do Memofut.

Para nós do Grande ABC foi uma alegria a mais saber que o avô de Rodrigo trabalhou numa das primeiras grandes indústrias da Via Anchieta, a Mercswiss-Mercantil Suíça, fábrica de bicicletas e máquinas de costura cujas instalações originais, com sua imensa caixa-d’água, permanecem no km 22,5, em terras da Linha Jurubatuba, linha colonial hoje absorvida pelo urbano bairro Assunção.

Anos dourados

Texto: Milton Parron

Iniciaremos neste fim de semana alguns programas dentro do Projeto Memória, revivendo os fatos mais emblemáticos da década de 1960, os chamados anos dourados. 

Astronáutica, ciência médica, esportes, política, polícia, artes em geral, principalmente música, tudo que foi registrado pelo rádio naqueles mágicos dez anos será reprisado. 

Na música, por exemplo, os inesquecíveis festivais de San Remo e a magia da música italiana que invadiu o mundo. Quem se lembra? "Al Di La", Non Ho l’Eta, Se Piangi, se Ridi...

Para não ficar somente em terreno italiano, destacaremos:

- A incrível ousadia do lusitano Henrique Galvão, que sequestrou um navio para protestar contra a ditadura Salazar em Portugal. Acabou preso quando o navio sob seu comando aportou em Recife e lá foi entrevistado pelo saudoso Carlos Spera. 

- As primeiras aventuras do homem no espaço e sua chegada, finalmente, à Lua. 

- Brasil bicampeão mundial de futebol em 1962 e o fracasso de 1966. 

- O ‘Galo de Ouro’ Eder Jofre e a surra histórica em Eloy Sanchez.

- Os pioneiros transplantes de coração e de rins pelas equipes dos professores Zerbine e Campos Freire no Hospital das Clínicas, coberturas das quais até hoje não recuperei o sono de tantas noites e madrugadas de plantão na porta daquele hospital.

Esses são alguns aperitivos de um cardápio variadíssimo que será oferecido aos ouvintes do programa Memória neste e nos próximos cinco fins de semana.

EM PAUTA – Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – Anos Dourados – 1º de uma série de seis programas. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, amanhã, às 5h. Na internet: www.radiobandeirantes.com.br.

Diário há meio século

Sábado, 6 de junho de 1970; ano 12; edição 1251

Manchete – Nova vitória do Brasil: o melhor estado físico

Apesar da contusão de Gerson e Felix, a Seleção estava muito bem fisicamente à espera do jogo com a Inglaterra.

Naquele dia jogariam Uruguai e Itália, em transmissão direta pela TV, duas equipes que cruzariam com o Brasil na campanha pelo tri.

Em 6 de junho de...

1920 – O primeiro 7 a 1 histórico brasileiro: Paulistas goleiam os Cariocas no estádio do Fluminense, em disputa da Taça Rodrigues Alves.

Era o reatamento das relações esportivas entre a Liga Metropolitana do Rio e a Associação Paulista.

Brilharam Friedenreich e Mario Andrada, cada qual com três gols.

Amistoso em Santo André: o Primeiro de Maio recebe o Brasil FC, da Capital.

1944 – O chamado Dia D, o dia decisivo em que os aliados ocidentais desembarcaram nas costas da França, dando início ao fim da II Guerra Mundial. 

Colaboração: Célio Augusto da Silva.

1955 – Morre, em São Paulo, Wallace Cochrane Simonsen, líder autonomista de São Bernardo e seu primeiro prefeito, em 1945, quando da recuperação da autonomia municipal.

1965 – Morre o monsenhor Aleksandras Venacio Arminas, primeiro vigário de Mauá. Seu corpo foi sepultado no Cemitério da Saudade, em Vila Vitória.

Hoje

- Dia Nacional do Teste do Pezinho

Santo do dia 

- Marcelino Champagnat

Município brasileiro

- Hoje é o aniversário de Osvaldo Cruz. Elevado a município em 1945, quando se separa de Guararapes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;