Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Justiça italiana vai abrir processo contra Parmalat



13/03/2008 | 07:03


Nesta sexta, na cidade italiana de Parma, a Justiça abre o principal processo contra os ex-dirigentes da Parmalat. É mais um passo no processo no qual a Suíça usou dados da Justiça brasileira para investigar a fraude na empresa que, há quatro anos, resultou em um dos maiores escândalos financeiros da Europa.

No total, 55 executivos estarão no banco dos réus. A pena pode chegar a 15 anos de prisão. Entre os acusados em Parma estarão o fundador do grupo, Calisto Tanzi, e o ex-diretor financeiro Fausto Tona. Só na Suíça, fluxos de quase US$ 100 milhões de origem duvidosa teriam passado pelos bancos. Os suíços apontam que parte desse fluxo se fazia com o Brasil.

Por enquanto, porém, apenas US$ 7 milhões foram bloqueados nas contas na Suíça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;