Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Juros e inflação baixos reduziram espaço para relaxar política, diz Lagarde



06/02/2020 | 05:36


A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, disse nesta quinta-feira que taxas de juros baixas e o ambiente de inflação baixa reduziram significativamente o espaço para o BCE e outros bancos centrais relaxarem sua política monetária em momentos de desaceleração econômica.

Lagarde, que participa de audiência no Comitê de Assuntos Econômicos e Monetários no Parlamento Europeu, afirmou também que a economia da zona do euro continua relativamente resiliente e vem crescendo amplamente em linha com as expectativas, mas ressaltou que fatores globais pesam no desempenho da região.

Segundo Lagarde, incertezas relacionadas à economia global continuam elevadas, embora as relacionadas a tensões comerciais entre EUA e China estejam diminuindo. Já o impacto da epidemia de coronavírus é uma nova fonte de preocupação, acrescentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Juros e inflação baixos reduziram espaço para relaxar política, diz Lagarde


06/02/2020 | 05:36


A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, disse nesta quinta-feira que taxas de juros baixas e o ambiente de inflação baixa reduziram significativamente o espaço para o BCE e outros bancos centrais relaxarem sua política monetária em momentos de desaceleração econômica.

Lagarde, que participa de audiência no Comitê de Assuntos Econômicos e Monetários no Parlamento Europeu, afirmou também que a economia da zona do euro continua relativamente resiliente e vem crescendo amplamente em linha com as expectativas, mas ressaltou que fatores globais pesam no desempenho da região.

Segundo Lagarde, incertezas relacionadas à economia global continuam elevadas, embora as relacionadas a tensões comerciais entre EUA e China estejam diminuindo. Já o impacto da epidemia de coronavírus é uma nova fonte de preocupação, acrescentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;