Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Kay diz que investigação sobre falhas daria credibilidade aos EUA


Da AFP

01/02/2004 | 15:06


O ex-diretor do grupo de peritos americanos que buscavam armas de destruição em massa no Iraque, David Kay, estimou neste domingo que uma investigação sobre os erros dos serviços de inteligência em relação à existência dessas armas contribuiria para restabelecer a credibilidade dos EUA.

"Não somente é importante para o país, é importante para nossa credibilidade como potência mundial, na relação com nossos aliados, na medida em que avançamos", disse Kay à rede Fox.

"Se não se pode se basear numa inteligência boa e precisa, confiável para os americanos e para os estrangeiros, não se pode desenvolver uma política preventiva", acrescentou Kay em alusão à nova doutrina americana de ataques preventivos, usada para justificar a invasão ao Iraque.

Interrogado sobre uma informação do Washington Post assinalando que o presidente George W. Bush teria mudado de opinião e aceitaria agora a formação de um comitê de investigação sobre o trabalho de inteligência neste caso, Kay se declarou "muito contente se for verdade".

No começo de 2003, a suposta ameaça iraquiana, então considerada pelos serviços de inteligência americanos como grave para a segurança do Oriente Médio e dos Estados Unidos, foi um dos principais argumentos citados por Bush para justificar a guerra contra Saddam Hussein.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;