Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Paulo quer famoso para aliviar desmanche


Fábio Guimaraes
Da Redaçao

31/08/2000 | 00:47


Após a saída de Edmílson, negociado com o Lyon (França) por US$ 10,5 milhoes à vista, a prioridade dos dirigentes sao-paulinos é a contrataçao de um substituto de renome. Eles entendem que Wellington Paulo, do América-MG, praticamente acertado, viria apenas para compor o elenco, suprindo a ausência de Alvaro, que foi para o Las Palmas (Espanha).

O ex-gremista Scheidt, atualmente no Celtic Glasgow (Escócia), encabeça a lista. O valor do empréstimo de um ano (US$ 500 mil) já está definido entre os dois clubes, segundo o empresário do jogador, Jorge Machado. Ficaria faltando apenas o acerto salarial entre o Sao Paulo e o zagueiro.

O veterano Marcelo Djian, do Cruzeiro, é outro nome que interessa. Ele já teria, inclusive, um pré-contrato assinado com o Tricolor. O problema é que o técnico do time mineiro, Luiz Felipe, nao quer liberar a saída de Marcelo, justificando que tem poucos atletas para a posiçao.

O diretor de futebol do Sao Paulo, José Dias, aproveitou a viagem ao Paraguai - o time de Levir Culpi enfrentaria ontem à noite o Cerro Porteño, em Ciudad del Leste, pela Copa Mercosul - para sondar pessoalmente o zagueiro Ayala, que se encontra no Paraguai. O problema é que dificilmente o clube teria condiçoes de cobrir o salário de US$ 150 mil que o paraguaio ganha no futebol europeu.

Para o meio-campo, os dirigentes ainda nao desistiram oficialmente de Nildo, do Sport. Os pernambucanos querem R$ 3 milhoes à vista, além da cessao em definitivo do atacante Sandro Hiroshi e o reempréstimo por mais um ano do volante Sidnei. O presidente Paulo Amaral, no entanto, nao aceita que Hiroshi seja envolvido no negócio. A prioridade de compra sao-paulina termina sábado.

Mesmo correndo atrás de reforços, o Tricolor pode perder mais um jogador nos próximos dias. Como o Napoli desistiu do cruzeirense Sorín, o lateral-esquerdo mais cotado para defender o clube italiano é Fábio Aurélio, que, neste caso, seguiria direto da Austrália - defenderá a seleçao na Olimpíada de Sydney - para a Europa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Paulo quer famoso para aliviar desmanche

Fábio Guimaraes
Da Redaçao

31/08/2000 | 00:47


Após a saída de Edmílson, negociado com o Lyon (França) por US$ 10,5 milhoes à vista, a prioridade dos dirigentes sao-paulinos é a contrataçao de um substituto de renome. Eles entendem que Wellington Paulo, do América-MG, praticamente acertado, viria apenas para compor o elenco, suprindo a ausência de Alvaro, que foi para o Las Palmas (Espanha).

O ex-gremista Scheidt, atualmente no Celtic Glasgow (Escócia), encabeça a lista. O valor do empréstimo de um ano (US$ 500 mil) já está definido entre os dois clubes, segundo o empresário do jogador, Jorge Machado. Ficaria faltando apenas o acerto salarial entre o Sao Paulo e o zagueiro.

O veterano Marcelo Djian, do Cruzeiro, é outro nome que interessa. Ele já teria, inclusive, um pré-contrato assinado com o Tricolor. O problema é que o técnico do time mineiro, Luiz Felipe, nao quer liberar a saída de Marcelo, justificando que tem poucos atletas para a posiçao.

O diretor de futebol do Sao Paulo, José Dias, aproveitou a viagem ao Paraguai - o time de Levir Culpi enfrentaria ontem à noite o Cerro Porteño, em Ciudad del Leste, pela Copa Mercosul - para sondar pessoalmente o zagueiro Ayala, que se encontra no Paraguai. O problema é que dificilmente o clube teria condiçoes de cobrir o salário de US$ 150 mil que o paraguaio ganha no futebol europeu.

Para o meio-campo, os dirigentes ainda nao desistiram oficialmente de Nildo, do Sport. Os pernambucanos querem R$ 3 milhoes à vista, além da cessao em definitivo do atacante Sandro Hiroshi e o reempréstimo por mais um ano do volante Sidnei. O presidente Paulo Amaral, no entanto, nao aceita que Hiroshi seja envolvido no negócio. A prioridade de compra sao-paulina termina sábado.

Mesmo correndo atrás de reforços, o Tricolor pode perder mais um jogador nos próximos dias. Como o Napoli desistiu do cruzeirense Sorín, o lateral-esquerdo mais cotado para defender o clube italiano é Fábio Aurélio, que, neste caso, seguiria direto da Austrália - defenderá a seleçao na Olimpíada de Sydney - para a Europa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;