Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Para Mano, melhor fase de Ronaldo será em 2010



11/06/2009 | 07:00


Poucos assuntos provocam tanta controvérsia no Corinthians quanto a real condição física de Ronaldo. Desde a data de sua estreia, passando pelo peso e chegando até aos debates se ele deve ser poupado em alguns jogos E, ontem, o técnico Mano Menezes tratou de colocar mais um tempero na inacabada discussão.

"O melhor momento do Ronaldo está guardado para 2010", avisou o treinador.

Desde que chegou ao Corinthians, Ronaldo sempre foi cercado de muitos cuidados pela comissão técnica e pelos dirigentes do clube.

Seu melhor momento ocorreu nas finais do Paulistão, contra São Paulo e Santos, quando foi decisivo para o título. Mas, com a sequência de jogos, vieram a primeira contusão e os novos questionamentos sobre o peso do atleta.

Mesmo porque, ele mostrou dificuldades físicas no retorno após a lesão muscular que sofreu. "Aquele momento dele foi algo acima das expectativas. Não espera por isso tão rápido. A queda que aconteceu foi algo normal", explicou Mano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para Mano, melhor fase de Ronaldo será em 2010


11/06/2009 | 07:00


Poucos assuntos provocam tanta controvérsia no Corinthians quanto a real condição física de Ronaldo. Desde a data de sua estreia, passando pelo peso e chegando até aos debates se ele deve ser poupado em alguns jogos E, ontem, o técnico Mano Menezes tratou de colocar mais um tempero na inacabada discussão.

"O melhor momento do Ronaldo está guardado para 2010", avisou o treinador.

Desde que chegou ao Corinthians, Ronaldo sempre foi cercado de muitos cuidados pela comissão técnica e pelos dirigentes do clube.

Seu melhor momento ocorreu nas finais do Paulistão, contra São Paulo e Santos, quando foi decisivo para o título. Mas, com a sequência de jogos, vieram a primeira contusão e os novos questionamentos sobre o peso do atleta.

Mesmo porque, ele mostrou dificuldades físicas no retorno após a lesão muscular que sofreu. "Aquele momento dele foi algo acima das expectativas. Não espera por isso tão rápido. A queda que aconteceu foi algo normal", explicou Mano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;