Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Menores voltam a fugir da Febem de Campinas


Do Diário OnLine

16/04/2004 | 14:04


Pela segunda vez em menos de 24 horas, menores fugiram da UIP (Unidade de Internação Provisória) da Febem de Campinas, no interior de São Paulo. A nova fuga desencadeou um novo motim, após outro ter sido controlado mais cedo, que já foi controlado.

A rebelião começou por volta das 11h com uma nova fuga de internos. Segundo a Febem, no total fugiram 29 menores, dos quais 20 já foram recapturados. A PM (Polícia Militar) procura os outros com a ajuda de um helicóptero.

Por volta das 6h, terminou uma rebelião de internos na mesma unidade. O motim havia começado por volta das 22h de quinta, depois de outra fuga de adolescentes. Os menores que não conseguiram fugir chegaram a fazer nove monitores reféns, atear fogo em colchões e subir no telhado armados com paus, pedras e pedaços de telhas quebradas.

A PM cercou a unidade, mas negociou com os internos e não entrou no local. Segundo a Agência Brasil, os internos reclamaram de maus tratos e exigiram a presença da diretora, Cláudia Acioli. Ela atendeu ao chamado, junto com o corregedor Alexandre Perroni. Um relatório sobre a ocorrência será encaminhado ao juizado da Infância e Juventude e também deverá ser aberta sindicância para apurar os fatos.

Os reféns foram soltos sem ferimentos. Um interno ficou ferido na cabeça.

A UIP (Unidade de Internação Provisória) da Febem de Campinas abriga 77 menores, mas a capacidade é para apenas 34. Esta foi o segunda rebelião em dez dias no Estado de São Paulo. No último dia 6, 128 menores fugiram da Febem de Franco da Rocha.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Menores voltam a fugir da Febem de Campinas

Do Diário OnLine

16/04/2004 | 14:04


Pela segunda vez em menos de 24 horas, menores fugiram da UIP (Unidade de Internação Provisória) da Febem de Campinas, no interior de São Paulo. A nova fuga desencadeou um novo motim, após outro ter sido controlado mais cedo, que já foi controlado.

A rebelião começou por volta das 11h com uma nova fuga de internos. Segundo a Febem, no total fugiram 29 menores, dos quais 20 já foram recapturados. A PM (Polícia Militar) procura os outros com a ajuda de um helicóptero.

Por volta das 6h, terminou uma rebelião de internos na mesma unidade. O motim havia começado por volta das 22h de quinta, depois de outra fuga de adolescentes. Os menores que não conseguiram fugir chegaram a fazer nove monitores reféns, atear fogo em colchões e subir no telhado armados com paus, pedras e pedaços de telhas quebradas.

A PM cercou a unidade, mas negociou com os internos e não entrou no local. Segundo a Agência Brasil, os internos reclamaram de maus tratos e exigiram a presença da diretora, Cláudia Acioli. Ela atendeu ao chamado, junto com o corregedor Alexandre Perroni. Um relatório sobre a ocorrência será encaminhado ao juizado da Infância e Juventude e também deverá ser aberta sindicância para apurar os fatos.

Os reféns foram soltos sem ferimentos. Um interno ficou ferido na cabeça.

A UIP (Unidade de Internação Provisória) da Febem de Campinas abriga 77 menores, mas a capacidade é para apenas 34. Esta foi o segunda rebelião em dez dias no Estado de São Paulo. No último dia 6, 128 menores fugiram da Febem de Franco da Rocha.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;