Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians tenta evitar 'efeito Bahia'

O técnico Mano Menezes quer evitar o 'efeito Bahia' e exigiu que o time se imponha diante do Criciúma


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

02/08/2008 | 07:00


O técnico Mano Menezes quer evitar o ‘efeito Bahia' e exigiu que o Corinthians se imponha hoje diante do Criciúma, às 16h10, no Pacaembu. Até enfrentar os baianos, há duas semanas, o Alvinegro estava invicto e o tropeço em casa quase que animou os outros adversários.

Só que o Timão se recuperou fora de casa e empatou com o Ceará, em Fortaleza (2 a 2), e bateu o Paraná em Curitiba (2 a 0).

Mano Menezes exige que o time volte a ser forte em casa para intimidar os concorrentes a uma vaga na Série A do Brasileiro em 2009. "Os adversários têm de sentir nossa força dentro de campo. O Bahia foi o primeiro exemplo de que não somos imbatíveis, mas cabe só ao Corinthians não deixar que os adversários façam a mesma coisa que o Bahia", disse o treinador.

Além de estar invicto contra o Bahia, o Corinthians ainda ostentava 100% de aproveitamento como anfitrião. Eram cinco vitórias em cinco partidas no Pacaembu.

Diante do Criciúma, Mano Menezes deve promover duas mudanças na equipe. Fábio Ferreira aparece na defesa no lugar de Chicão, lesionado, enquanto Lulinha substitui o suspenso Eduardo Ramos no meio-campo. O reserva Dênis, expulso na rodada passada, também está fora.

CRICIÚMA - A equipe catarinense deve ter quatro ausências. Na lateral, o técnico Everton Gaúcho teve de promover o júnior Patrick. Na defesa, não contará com os zagueiros Cláudio Luiz e Wescley, e o lateral-direito Rafael Coutinho, contundidos, além do volante Luiz André, suspenso. O goleiro Zé Carlos, o atacante Luis Mário e o volante Basílio voltam de suspensão.

Apesar dos problemas, o treinador do time catarinense está otimista quanto a uma vitória sobre o líder da Série B. "O Criciúma vem numa evolução interessante no campeonato e uma partida como esta serve para consolidar esta nova fase. Respeitamos o Corinthians, que é uma grande equipe, mas vamos jogar com personalidade em busca da vitória."

Edson Gaúcho ainda não perdeu à frente do Criciúma. Desde a estréia, no empate com o rival Avaí (1 a 1), foram quatro jogos com duas vitórias e dois empates. (com Agências)

Técnico aposta em Lulinha, mas ‘blinda' jogador das vaias

O técnico Mano Menezes decidiu apostar mais uma vez no meia-atacante Lulinha e vai colocá-lo como titular na partida. Para isso, blindou o jogador contra eventuais vaias da torcida ao escalá-lo para jogar aberto pela direita e não mais na armação, tarefa agora exercida por Douglas.

"As vaias podem acontecer sempre, para qualquer jogador. Lógico que para um atleta jovem, o peso é maior. Mas não posso deixar de escalá-lo por isso. O que podemos é minimizar o fato", explicou o treinador.

Lulinha gostou da nova função. "Acho que posso render mais, por causa da velocidade", comentou.

No entanto, se o rendimento do jogador estiver abaixo do esperado, a estratégia de Mano Menezes está traçada: vai sacá-lo no intervalo, para evitar constrangimento maior.

Foi o que ocorreu contra o Bahia, na primeira e única derrota do Corinthians até o momento na Série B. Naquela ocasião, Lulinha não teve boa atuação e deu lugar a Douglas. (com Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;