Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Espanha estuda intervenção na região da Catalunha



20/12/2012 | 00:41


O governo central da Espanha estuda, como um último recurso, remover o presidente da região espanhola da Catalunha, Artur Mas, de seu escritório e executar uma intervenção de facto na região, caso o líder nacionalista continue com sua ameaça de realizar um referendo sobre a independência, informou o jornal El Mundo em sua edição eletrônica desta quinta-feira, citando fontes do governo.

 

O governo central baseia-se para essa possível intervenção na desobediência de Mas, ou mesmo na violação dos deveres constitucionais, como relatou o jornal espanhol.

 

Como uma medida extrema para prevenir o separatismo, o governo está mesmo considerando uma intervenção de facto na região uma vez que as decisões dos líderes da Catalunha têm afetado severamente os interesses gerais da Espanha como um todo. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Espanha estuda intervenção na região da Catalunha


20/12/2012 | 00:41


O governo central da Espanha estuda, como um último recurso, remover o presidente da região espanhola da Catalunha, Artur Mas, de seu escritório e executar uma intervenção de facto na região, caso o líder nacionalista continue com sua ameaça de realizar um referendo sobre a independência, informou o jornal El Mundo em sua edição eletrônica desta quinta-feira, citando fontes do governo.

 

O governo central baseia-se para essa possível intervenção na desobediência de Mas, ou mesmo na violação dos deveres constitucionais, como relatou o jornal espanhol.

 

Como uma medida extrema para prevenir o separatismo, o governo está mesmo considerando uma intervenção de facto na região uma vez que as decisões dos líderes da Catalunha têm afetado severamente os interesses gerais da Espanha como um todo. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;