Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Cursos com nota máxima no Enade apostam em tecnologia

Instituições destacam parcerias firmadas com empresas, além da qualificação dos professores


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

22/10/2020 | 00:01


Dentre as 98 graduações avaliadas pelo Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudante) 2019 no Grande ABC, quatro cursos se destacaram com nota máxima: engenharia ambiental da UFABC (Universidade Federal do ABC), em Santo André; engenharia de produção da UFABC, em São Bernardo; engenharia elétrica do Centro Universitário FEI, de São Bernardo; e engenharia de produção do Instituto de Tecnologia da Mauá, de São Caetano. Para conquistarem a nota 5, coordenadores dos cursos apostam em ensino tecnológico e parceria com empresas.

Coordenador do curso de engenharia de produção do Instituto Mauá de Tecnologia, David Garcia Penof explica que a instituição analisou outros modelos do País antes de montar o currículo e conta com amparo tecnológico. “Temos como diferencial software de simulação em 3D, de plataforma francesa, que faz diferença na formação”, detalha. Segundo o docente, o software auxilia o entendimento da teoria explicada em aula com a prática, além de ser tendência no mercado de trabalho, melhorando a visualização de projetos.

Penof destaca ainda que o Instituto Mauá aborda durante o ano questões do Enade para treinar os alunos. “Os estudos são diários, então aplicamos questões do Enade em provas semestrais e atividades valendo nota”, detalha.

Coordenador do departamento de engenharia elétrica da FEI, Renato Giacomini avalia que, além da implantação de novos laboratórios, a instituição trabalha aproximação com empresas, para consultas sobre conteúdos, competências e vagas no mercado de trabalho. “O que também incentiva nossos alunos são os programas de pós-graduação, que seguem pelo mestrado, doutorado e até intercâmbios”, detalha.

Coordenador de engenharia ambiental da UFABC, Rodrigo de Freitas comenta que a instituição fortalece o ensino prático em laboratórios específicos das disciplinas. “Contamos com quadro de docentes muito qualificados, que auxiliam muito nas disciplinas. Além de doutores, são pesquisadores no assunto, engajados e atualizados com tudo que chega no mercado”, finaliza. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;