Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Kléber chega, mas não deve jogar antes de agosto



02/07/2007 | 07:25


Vanderlei Luxemburgo espera receber o centroavante Kléber hoje à tarde, na reapresentação dos jogadores, no Centro de Treinamento Rei Pelé. Porém terá que aguardar mais de um mês para escalar seu mais importante reforço para o restante do Campeonato Brasileiro. Ontem, o gerente jurídico do Santos, Mário Mello, afirmou que nem vai consultar a CBF sobre a possibilidade de o atacante, cujo contrato com o Necaxa, do México, terminou no sábado, ser liberado antes do dia 3 de agosto.

“Para que a consulta se a legislação é clara? A RDI da CBF que disciplina a matéria estabelece duas janelas por ano – de janeiro a março e de 3 a 31 de agosto. Fora disso, só se o jogador obtiver uma autorização da Justiça do Trabalho para atuar”, disse Mello.

No Campeonato Brasileiro do ano passado, o Santos escalou o mexicano De Nigris em quatro jogos fora do prazo e só não foi punido com a perda de 12 pontos pelo STJD porque a CBF assumiu a sua falha ao aceitar a inscrição do jogador antes de 3 de agosto.

Os dois Kléber – o lateral-esquerdo e o centroavante – são jogadores fundamentais para a recuperação do time no Campeonato Brasileiro. O ex-corintiano deve ser o novo meia-armador, quando voltar da seleção brasileira, e o outro, a referência do ataque, como disse Luxemburgo após o jogo de sábado.

Com a perda de Zé Roberto (para o alemão Bayern, de Munique) e Cléber Santana (tem proposta do Urawa Red, do Japão), e a provável transferência de Maldonado para o futebol europeu, o time perde o seu setor mais forte do primeiro semestre, e o técnico já tem na cabeça o que deve fazer para formar um outro, pelo menos equilibrado.

Rodrigo Souto deverá ter a companhia de Adriano ou Adoniram no trabalho de marcação à frente da área, enquanto a briga pelas duas meias está aberta e nem o experiente Pedrinho – que teve o novo contrato registrado na CBF, na semana passada - está garantido. A aposta do técnico é que Kléber se transforme num meia de alto nível, explorando a sua qualidade no passe. Se a experiência não der certo, Vítor Júnior, que lança bem e tem domínio de bola, poderá ser a novidade.

A situação é preocupante porque Luxemburgo sabe que pode ganhar novos problemas em breve. O técnico admite que outros jogadores estão de saída. Maldonado, de 27 anos, disse, na sua última entrevista coletiva, que seu objetivo é se transferir para a Europa. O Santos não vai dificultar porque tem 50% dos direitos federativos do volante e precisa de dinheiro para recompor as suas finanças. Outro jogador que teria proposta de fora é Marcos Aurélio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;