Fechar
Publicidade

Domingo, 11 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Juiz autoriza Maluf a fazer fisioterapia fora de casa

Wilson Dias/Arquivo/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


05/06/2018 | 09:58


O juiz da 4ª Vara de Execuções Penais de São Paulo Rogerio Alcazar autorizou o deputado federal Paulo Maluf (PP), de 86 anos, a frequentar três sessões semanais de fisioterapia fora da prisão domiciliar. O parlamentar cumpre pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias pelo crime de lavagem de dinheiro em sua residência, em São Paulo.

A defesa havia pedido para que Maluf frequentasse às segundas, quartas e sextas-feiras, o CareClub Clínica de Medicina do Esporte, na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, das 10h ao meio dia. O juiz permitiu que ele frequentasse o estabelecimento por seis semanas.

Maluf ficou preso em regime fechado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, entre dezembro e abril. Por decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, o parlamentar passou para regime domiciliar. A decisão foi referendada pelo plenário do STF.

Ele é acusado de ter desviado recursos dos cofres públicos quando exerceu o cargo de prefeito de São Paulo (1993-1996) e enviado o dinheiro para contas nos Estados Unidos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Juiz autoriza Maluf a fazer fisioterapia fora de casa


05/06/2018 | 09:58


O juiz da 4ª Vara de Execuções Penais de São Paulo Rogerio Alcazar autorizou o deputado federal Paulo Maluf (PP), de 86 anos, a frequentar três sessões semanais de fisioterapia fora da prisão domiciliar. O parlamentar cumpre pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias pelo crime de lavagem de dinheiro em sua residência, em São Paulo.

A defesa havia pedido para que Maluf frequentasse às segundas, quartas e sextas-feiras, o CareClub Clínica de Medicina do Esporte, na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, das 10h ao meio dia. O juiz permitiu que ele frequentasse o estabelecimento por seis semanas.

Maluf ficou preso em regime fechado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, entre dezembro e abril. Por decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, o parlamentar passou para regime domiciliar. A decisão foi referendada pelo plenário do STF.

Ele é acusado de ter desviado recursos dos cofres públicos quando exerceu o cargo de prefeito de São Paulo (1993-1996) e enviado o dinheiro para contas nos Estados Unidos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;