Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Capital da Malásia promove caça aos corvos


Do Diário do Grande ABC

28/10/1999 | 11:16


Cansada do barulho e da sujeira dos corvos, a prefeitura de Kuala Lumpur, capital da Malásia, determinou que fosse aberta uma temporada de caça a esse tipo de ave. A administraçao da cidade está pagando cerca de R$ 1 por corvo morto pelos moradores da cidade, além de entregar vários prêmios, como medalhas e troféus.

Somente quarta-feira (27), mais de dois mil corvos foram baleados pelos malaios. A caçada, chamada de "Operaçao Corvo", vai se estender por mais dois meses.

Os animais sao provenientes do Sri Lanka e foram levados para a Malásia pelos próprios agricultores locais. A intençao era acabar, com a ajuda das aves, as lagartas que destruíam as plantaçoes de café. No entanto, os corvos se proliferaram e hoje vivem nos lixos da cidade.

As informaçoes sao da Globo News.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Capital da Malásia promove caça aos corvos

Do Diário do Grande ABC

28/10/1999 | 11:16


Cansada do barulho e da sujeira dos corvos, a prefeitura de Kuala Lumpur, capital da Malásia, determinou que fosse aberta uma temporada de caça a esse tipo de ave. A administraçao da cidade está pagando cerca de R$ 1 por corvo morto pelos moradores da cidade, além de entregar vários prêmios, como medalhas e troféus.

Somente quarta-feira (27), mais de dois mil corvos foram baleados pelos malaios. A caçada, chamada de "Operaçao Corvo", vai se estender por mais dois meses.

Os animais sao provenientes do Sri Lanka e foram levados para a Malásia pelos próprios agricultores locais. A intençao era acabar, com a ajuda das aves, as lagartas que destruíam as plantaçoes de café. No entanto, os corvos se proliferaram e hoje vivem nos lixos da cidade.

As informaçoes sao da Globo News.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;