Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Tardelli, ‘bad boy’ no Tricolor, é a nova fera do S.Caetano de Leão


Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

08/07/2006 | 08:35


“Aqui no São Caetano ele será bem cuidado por mim”. Emerson Leão talvez seja o único treinador que conseguiu domar Diego Tardelli. Como o São Paulo esbanja atacantes e o bad boy está de volta ao futebol brasileiro, após um retiro no Betis, da Espanha, chegou o momento do reencontro. O jogador foi emprestado pelo Tricolor até dezembro ao Azulão, onde atualmente Leão comanda as ações. A diretoria só deve anunciar a contratação quando a papelada estiver assinada, o que deve ocorrer neste final de semana. “O Tardelli é um jogador técnico, de velocidade. O resto, deixa comigo”, garantiu o treinador.

Diego Tardelli, 22 anos, estava emprestado ao Betis como forma de compensar a vinda de Ricardo Oliveira para o Morumbi. O contrato de Tardelli terminou, seu passe foi estipulado, mas o clube espanhol espera pela volta de Oliveira. Já no Brasil, o Tricolor gostou da proposta do São Caetano. “Será uma boa negociação para os clubes e para o jogador, que terá visibilidade”, disse o superintendente de Futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha.

Com um currículo recheado de confusões extra-campo, Tardelli volta a reencontrar Leão, com quem trabalhou no primeiro semestre de 2005, época em que viveu o melhor momento de sua carreira, disputando a Libertadores e o Campeonato Paulista.

Após o treino de sexta-feira, no Anacleto Campanella, o técnico do Azulão não confirmou a contratação. “Isso é com a diretoria”, disse. Questionado sobre as declarações do diretor de Futebol do São Paulo, Juvenal Juvêncio, que confirmou a transferência por empréstimo do atacante até o final do ano, Leão afirmou: “É um presidente respeitável, sabe o que fala. Quem sou eu para discordar?”.

O objetivo é inscrever Tardelli o mais rápido possível na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Na cabeça do treinador, o atacante não estaria sendo repatriado e, por isso, poderia ser inscrito antes de agosto, data inicial estipulada pela CBF para regularização de atletas vindos do exterior. “O Tardelli é do São Paulo. Não estamos contratando de um clube de fora”, finalizou Leão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tardelli, ‘bad boy’ no Tricolor, é a nova fera do S.Caetano de Leão

Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

08/07/2006 | 08:35


“Aqui no São Caetano ele será bem cuidado por mim”. Emerson Leão talvez seja o único treinador que conseguiu domar Diego Tardelli. Como o São Paulo esbanja atacantes e o bad boy está de volta ao futebol brasileiro, após um retiro no Betis, da Espanha, chegou o momento do reencontro. O jogador foi emprestado pelo Tricolor até dezembro ao Azulão, onde atualmente Leão comanda as ações. A diretoria só deve anunciar a contratação quando a papelada estiver assinada, o que deve ocorrer neste final de semana. “O Tardelli é um jogador técnico, de velocidade. O resto, deixa comigo”, garantiu o treinador.

Diego Tardelli, 22 anos, estava emprestado ao Betis como forma de compensar a vinda de Ricardo Oliveira para o Morumbi. O contrato de Tardelli terminou, seu passe foi estipulado, mas o clube espanhol espera pela volta de Oliveira. Já no Brasil, o Tricolor gostou da proposta do São Caetano. “Será uma boa negociação para os clubes e para o jogador, que terá visibilidade”, disse o superintendente de Futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha.

Com um currículo recheado de confusões extra-campo, Tardelli volta a reencontrar Leão, com quem trabalhou no primeiro semestre de 2005, época em que viveu o melhor momento de sua carreira, disputando a Libertadores e o Campeonato Paulista.

Após o treino de sexta-feira, no Anacleto Campanella, o técnico do Azulão não confirmou a contratação. “Isso é com a diretoria”, disse. Questionado sobre as declarações do diretor de Futebol do São Paulo, Juvenal Juvêncio, que confirmou a transferência por empréstimo do atacante até o final do ano, Leão afirmou: “É um presidente respeitável, sabe o que fala. Quem sou eu para discordar?”.

O objetivo é inscrever Tardelli o mais rápido possível na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Na cabeça do treinador, o atacante não estaria sendo repatriado e, por isso, poderia ser inscrito antes de agosto, data inicial estipulada pela CBF para regularização de atletas vindos do exterior. “O Tardelli é do São Paulo. Não estamos contratando de um clube de fora”, finalizou Leão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;