Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Petrobras quer fornecedor paulista


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

09/06/2010 | 07:00


Para apresentar às indústrias paulistas as oportunidades de negócios com a exploração de petróleo na Bacia de Santos, o Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) realiza eventos, em parceria com a Petrobras e o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo), em 11 diretorias regionais até o dia 1º.

Trata-se de um ciclo de palestras que teve início ontem em Osasco, segue para Jacareí, hoje, e chega a São Bernardo, na sexta-feira, e depois percorre o interior do Estado.

A intenção é viabilizar a participação mais ativa das indústrias paulistas como fornecedoras diretas ou indiretas da companhia, para aproveitar os fortes investimentos que a empresa fará nos próximos cinco anos - estimados em cerca de US$ 200 bilhões. "Já se fala em US$ 600 bilhões que podem ser movimentados por todo o setor de petróleo e gás", afirma o diretor de infraestrutura do Ciesp, Júlio Diaz.

O dirigente assinala que o Estado, apesar da força de seu parque industrial, tinha há alguns anos presença tímida no consumo de produtos e serviços da Petrobras. Ele conta que essa relação tem melhorado. "São Paulo já participa com 25% no atendimento da Petrobras no território nacional, mas ainda fica atrás do Rio de Janeiro e do Espírito Santo", observa.

Segundo o dirigente, a iniciativa se destina a mostrar o caminho das pedras para ser fornecedor da estatal, explicando os detalhes do processo de cadastramento junto à companhia e o potencial de compras de materiais da empresa.

Após o ciclo de palestras, a Petrobras se comprometeu ainda a levar seus técnicos às regionais do Ciesp para atendimento personalizado às indústrias associadas que tiverem interesse em se cadastrar. E até agosto, funcionários dos escritórios regionais da entidade serão treinados para oferecer suporte permanente aos empresários.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Petrobras quer fornecedor paulista

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

09/06/2010 | 07:00


Para apresentar às indústrias paulistas as oportunidades de negócios com a exploração de petróleo na Bacia de Santos, o Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) realiza eventos, em parceria com a Petrobras e o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo), em 11 diretorias regionais até o dia 1º.

Trata-se de um ciclo de palestras que teve início ontem em Osasco, segue para Jacareí, hoje, e chega a São Bernardo, na sexta-feira, e depois percorre o interior do Estado.

A intenção é viabilizar a participação mais ativa das indústrias paulistas como fornecedoras diretas ou indiretas da companhia, para aproveitar os fortes investimentos que a empresa fará nos próximos cinco anos - estimados em cerca de US$ 200 bilhões. "Já se fala em US$ 600 bilhões que podem ser movimentados por todo o setor de petróleo e gás", afirma o diretor de infraestrutura do Ciesp, Júlio Diaz.

O dirigente assinala que o Estado, apesar da força de seu parque industrial, tinha há alguns anos presença tímida no consumo de produtos e serviços da Petrobras. Ele conta que essa relação tem melhorado. "São Paulo já participa com 25% no atendimento da Petrobras no território nacional, mas ainda fica atrás do Rio de Janeiro e do Espírito Santo", observa.

Segundo o dirigente, a iniciativa se destina a mostrar o caminho das pedras para ser fornecedor da estatal, explicando os detalhes do processo de cadastramento junto à companhia e o potencial de compras de materiais da empresa.

Após o ciclo de palestras, a Petrobras se comprometeu ainda a levar seus técnicos às regionais do Ciesp para atendimento personalizado às indústrias associadas que tiverem interesse em se cadastrar. E até agosto, funcionários dos escritórios regionais da entidade serão treinados para oferecer suporte permanente aos empresários.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;