Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Pierre: 'Lesão não foi determinante'


Das Agências

14/12/2009 | 07:00


O Palmeiras fazia temporada excelente até o volante Pierre sofrer uma grave contusão e ficar dois meses afastado dos gramados. Quando o camisa cinco retornou, encontrou um time em decadência e já fora da primeira colocação do Campeonato Brasileiro. Mas, para o jogador, seu afastamento não foi o fator determinante para a equipe perder o título e ainda a vaga para a Libertadores.

Pierre lembra que nesse período o Palmeiras também perdeu outros jogadores importantes e que foram outros fatores que acabaram fazendo com que o clube não encerrasse o ano da maneira desejada.

"O Mauricio Ramos e o Cleiton Xavier também ficaram fora por um tempo. Acho que a equipe oscilou bastante na hora que não tinha que oscilar. O Brasileiro se decide na regularidade", disse o volante.

Ao tentar esquecer o ano que ainda não acabou, Pierre faz planos para a próxima temporada e espera que os erros não se repitam, para o Palmeiras ter sucesso e, assim, alcançar todos os objetivos traçados.

"Tivemos a oportunidade de brigar pelo título e acabamos sem a Libertadores. É triste e lamentável. Infelizmente, não fomos competentes pra botar o Palmeiras no lugar que merecia. É complicado você procurar um fator que tenha ocasionado o mau rendimento do time. Agora, é levantar a cabeça, passar uma borracha neste ano e pensar em 2010", disse o camisa cinco, antes de receber o troféu de segundo melhor primeiro volante pela CBF.  

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pierre: 'Lesão não foi determinante'

Das Agências

14/12/2009 | 07:00


O Palmeiras fazia temporada excelente até o volante Pierre sofrer uma grave contusão e ficar dois meses afastado dos gramados. Quando o camisa cinco retornou, encontrou um time em decadência e já fora da primeira colocação do Campeonato Brasileiro. Mas, para o jogador, seu afastamento não foi o fator determinante para a equipe perder o título e ainda a vaga para a Libertadores.

Pierre lembra que nesse período o Palmeiras também perdeu outros jogadores importantes e que foram outros fatores que acabaram fazendo com que o clube não encerrasse o ano da maneira desejada.

"O Mauricio Ramos e o Cleiton Xavier também ficaram fora por um tempo. Acho que a equipe oscilou bastante na hora que não tinha que oscilar. O Brasileiro se decide na regularidade", disse o volante.

Ao tentar esquecer o ano que ainda não acabou, Pierre faz planos para a próxima temporada e espera que os erros não se repitam, para o Palmeiras ter sucesso e, assim, alcançar todos os objetivos traçados.

"Tivemos a oportunidade de brigar pelo título e acabamos sem a Libertadores. É triste e lamentável. Infelizmente, não fomos competentes pra botar o Palmeiras no lugar que merecia. É complicado você procurar um fator que tenha ocasionado o mau rendimento do time. Agora, é levantar a cabeça, passar uma borracha neste ano e pensar em 2010", disse o camisa cinco, antes de receber o troféu de segundo melhor primeiro volante pela CBF.  

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;