Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Diego Hypólito conquista quarto ouro do ano na Rússia


Do Diário do Grande ABC

31/05/2009 | 07:01


Dois brasileiros brilharam ontem na etapa de Moscou da Copa do Mundo de ginástica artística. Diego Hypólito e Ethiene Franco deixaram a Rússia com importantes medalhas no peito. O destaque foi o ginasta andreense, que confirmou o favoritismo e venceu a prova do solo com a nota 15,650.

Após a execução da série, Diego não ficou satisfeito, mas depois comemorou a confirmação da medalha de ouro. "Minha série foi muito bem executada e tinha como nota de partida saindo de 16,600", afirmou o bicampeão mundial e atual líder do ranking, que cravou o movimento Hypólito 1 na primeira passada da final. "Estou muito satisfeito com o meu desempenho. E ainda mais hoje (ontem), aniversário do meu pai, que está completando 52 anos. Dedico essa medalha a ele", comemorou.

Outro brasileiro que chegou à final na etapa foi Sergio Eras. Classificado à decisão das argolas em oitavo lugar, o atleta manteve a colocação com a nota de 13,650 pontos.

A promessa brasileira Ethiene Franco começa a se firmar. Ontem, classificou-se para a final em quatro aparelhos e conquistou dois bronzes. Primeiro, na trave, a brasileira somou 13,950 pontos; depois, no solo, atingiu a terceira melhor nota com 13,750. (com Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diego Hypólito conquista quarto ouro do ano na Rússia

Do Diário do Grande ABC

31/05/2009 | 07:01


Dois brasileiros brilharam ontem na etapa de Moscou da Copa do Mundo de ginástica artística. Diego Hypólito e Ethiene Franco deixaram a Rússia com importantes medalhas no peito. O destaque foi o ginasta andreense, que confirmou o favoritismo e venceu a prova do solo com a nota 15,650.

Após a execução da série, Diego não ficou satisfeito, mas depois comemorou a confirmação da medalha de ouro. "Minha série foi muito bem executada e tinha como nota de partida saindo de 16,600", afirmou o bicampeão mundial e atual líder do ranking, que cravou o movimento Hypólito 1 na primeira passada da final. "Estou muito satisfeito com o meu desempenho. E ainda mais hoje (ontem), aniversário do meu pai, que está completando 52 anos. Dedico essa medalha a ele", comemorou.

Outro brasileiro que chegou à final na etapa foi Sergio Eras. Classificado à decisão das argolas em oitavo lugar, o atleta manteve a colocação com a nota de 13,650 pontos.

A promessa brasileira Ethiene Franco começa a se firmar. Ontem, classificou-se para a final em quatro aparelhos e conquistou dois bronzes. Primeiro, na trave, a brasileira somou 13,950 pontos; depois, no solo, atingiu a terceira melhor nota com 13,750. (com Agências)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;