Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasileiros reforçam torcida e comemoram título com campeões

Grande parte do público que assistiu ao jogo no Maracanã ontem celebrou o tetracampeonato da carismática seleção européia


Sérgio Vieira
Enviado ao Rio de Janeiro

14/07/2014 | 07:00


Bastou o apito final e a explosão pela conquista do tetra alemão para que os torcedores brasileiros se juntassem aos algozes e esquecessem rapidamente o maior vexame do futebol do País em Copa do Mundo. Se antes do jogo o Rio de Janeiro estava coberto de azul, depois da partida as cores e o clima eram outros. Torcedores desceram as rampas do estádio fazendo muita festa, com descontração e um pouco de sarcasmo por terem visto a Argentina perder a chance de sair do Brasil com o tricampeonato.

Para Carolina Magalhães Pinto, moradora da capital fluminense, a vitória alemã teve gosto de vingança. “Moro em Copacabana e vi o quanto os argentinos que estavam na cidade foram mal-educados. As provocações foram desnecessárias e acabou ganhando quem jogou melhor.”

O grupo de oito amigos de Vitória, no Espírito Santo, também celebrou a conquista como se fosse brasileira. “Chegamos ontem (anteontem) aqui no Rio e valeu muito a pena. Não poderíamos permitir que a Argetina ganhasse na nossa casa”, afirmou Ana Paula Fraga.

Grávida de 8 meses, a gaúcha Rose Kuhn, descendente de alemã, disse que foi difícil segurar a emoção. “Quase tive o Raphael antes da hora”, brincou. “Não foi legal o que os argentinos fizeram, Foram hostis com a gente. Fiquei muito feliz com a vitória da Alemanha. Lavou nossa alma.”

No clima de descontração, foi possível até identificar ‘homenagens’ a Fred e Hulk que, de alguma forma, estiveram na final. “Somos a dupla cardíaca”, definiram Djlama e Ralf dos Santos, de São Paulo. “Foi sofrido, mas a Alemanha foi melhor. O placar de 7 a 1 foi algo de jogo, que acontece. Os alemães souberam garantir o resultado contra a Argentina. Não dava para os hermanos ganharem logo aqui”, disse Djalma, vestido de ‘Fred’.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;