Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Misturando água e óleo

O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), está conseguindo um feito importante:


Do Diário do Grande ABC

15/05/2013 | 00:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), está conseguindo um feito importante: reunir PSDB e PT no mesmo grupo. As duas siglas são rivais em âmbito nacional e estadual e as direções partidárias orientam as executivas municipais a manter distância uma da outra. Não se misturam, como água e óleo. O peemedebista tem concentrado esforços para montar uma bancada governista fixa, já que na eleição do ano passado conseguiu eleger apenas três vereadores de sua coligação, entre as 19 cadeiras disponíveis na Câmara. Além de petistas e tucanos, o chefe do Executivo tem em vista PCdoB e PSB. A intenção tem tudo para ser concretizada. Cada um dos partidos possui apenas um parlamentar. Pelos lados do PSDB, Beto Vidoski. Na trincheira do PT, Pio Mielo. Se tucanos e petistas realmente defenderem o governo Pinheiro, não será apenas mérito da articulação política do Palácio da Cerâmica. Também é demonstração de que ambas as legendas estão sem identidade. Os maiores partidos do País não passam de meros coadjuvantes em São Caetano. O PSDB tenta resgatar o prestígio de quem já comandou o Paço por dois anos (Antônio José Dall'Anese foi eleito em 1993 pelo PTB, mas mudou para o PSDB no meio do mandato). Após essa fase, caiu em descrédito por conta de comandos desastrosos. Desde 2008 passa por reestruturação e em 2012 voltou a ter representante no Legislativo. Já o PT sofre com trapalhada atrás de trapalhada de seus militantes. Se Pio Mielo fizer um mandato mediano, já é lucro.

Para depois

Reunião da bancada governista com o secretário de Governo de São Bernardo, José Albino, que ocorreria ontem, foi adiada. Eles discutiriam a insatisfação do bloco com a gestão Luiz Marinho (PT). Semana passada, o grupo foi a favor de requerimento indigesto ao Paço. Questionamentos sobre transporte público voltam à pauta na sessão de hoje. Será que os rebeldes manterão a posição mesmo sem a conversa com o articulador?

Sustentabilidade

A ex-senadora Marina Silva estará na região nesta sexta-feira, como adiantado por esta coluna. A idealizadora da Rede Sustentabilidade fará visita à Represa Billings, viajará em trem da CPTM e fará palestra na UFABC de Santo André. O objetivo é reforçar a campanha por coleta de assinaturas para formalizar o partido junto à Justiça Eleitoral. São Necessárias 500 mil rubricas em todo o País. Ventila-se que os mobilizadores já tenha 320 mil.

Substituto

O prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB), está novamente em Brasília. Ele foi em busca de mais verbas da União para a cidade. Na ausência do chefe, o secretário de Governo, Koiti Takaki (PSD), convocou uma reunião com os secretários para tratar do Orçamento das Pastas. A vice-prefeita, Leo da Apraespi (PSC), tem ficado isolada das discussões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Misturando água e óleo

O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), está conseguindo um feito importante:

Do Diário do Grande ABC

15/05/2013 | 00:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), está conseguindo um feito importante: reunir PSDB e PT no mesmo grupo. As duas siglas são rivais em âmbito nacional e estadual e as direções partidárias orientam as executivas municipais a manter distância uma da outra. Não se misturam, como água e óleo. O peemedebista tem concentrado esforços para montar uma bancada governista fixa, já que na eleição do ano passado conseguiu eleger apenas três vereadores de sua coligação, entre as 19 cadeiras disponíveis na Câmara. Além de petistas e tucanos, o chefe do Executivo tem em vista PCdoB e PSB. A intenção tem tudo para ser concretizada. Cada um dos partidos possui apenas um parlamentar. Pelos lados do PSDB, Beto Vidoski. Na trincheira do PT, Pio Mielo. Se tucanos e petistas realmente defenderem o governo Pinheiro, não será apenas mérito da articulação política do Palácio da Cerâmica. Também é demonstração de que ambas as legendas estão sem identidade. Os maiores partidos do País não passam de meros coadjuvantes em São Caetano. O PSDB tenta resgatar o prestígio de quem já comandou o Paço por dois anos (Antônio José Dall'Anese foi eleito em 1993 pelo PTB, mas mudou para o PSDB no meio do mandato). Após essa fase, caiu em descrédito por conta de comandos desastrosos. Desde 2008 passa por reestruturação e em 2012 voltou a ter representante no Legislativo. Já o PT sofre com trapalhada atrás de trapalhada de seus militantes. Se Pio Mielo fizer um mandato mediano, já é lucro.

Para depois

Reunião da bancada governista com o secretário de Governo de São Bernardo, José Albino, que ocorreria ontem, foi adiada. Eles discutiriam a insatisfação do bloco com a gestão Luiz Marinho (PT). Semana passada, o grupo foi a favor de requerimento indigesto ao Paço. Questionamentos sobre transporte público voltam à pauta na sessão de hoje. Será que os rebeldes manterão a posição mesmo sem a conversa com o articulador?

Sustentabilidade

A ex-senadora Marina Silva estará na região nesta sexta-feira, como adiantado por esta coluna. A idealizadora da Rede Sustentabilidade fará visita à Represa Billings, viajará em trem da CPTM e fará palestra na UFABC de Santo André. O objetivo é reforçar a campanha por coleta de assinaturas para formalizar o partido junto à Justiça Eleitoral. São Necessárias 500 mil rubricas em todo o País. Ventila-se que os mobilizadores já tenha 320 mil.

Substituto

O prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB), está novamente em Brasília. Ele foi em busca de mais verbas da União para a cidade. Na ausência do chefe, o secretário de Governo, Koiti Takaki (PSD), convocou uma reunião com os secretários para tratar do Orçamento das Pastas. A vice-prefeita, Leo da Apraespi (PSC), tem ficado isolada das discussões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;