Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Milan é badalado na chegada ao Japão para o Mundial de Clubes


Das Agências

07/12/2007 | 07:05


Em clima de festa, o Milan desembarcou quinta-feira, em Tóquio, no Japão, para disputar o Mundial de Clubes da Fifa. Cerca de 300 torcedores foram ao aeroporto de Narita receber os jogadores do clube italiano.

O meio-campista brasileiro Kaká foi o jogador do Milan mais festejado na chegada, provocando gritos histéricos das torcedoras japonesas. Trinta policiais fizeram a segurança da equipe, e nenhum incidente foi registrado. O time realizou ainda quinta-feira uma sessão de treinos em Yokohama para tentar diminuir os efeitos do fuso-horário.

O Mundial começa nesta sexta-feira com o jogo entre Sepahan, do Irã, e Waitakere, da Nova Zelândia. As outras equipes que participam do Mundial de Clubes são: Pachuca, do México, Etoile du Sahel, de Marrocos, e Boca Juniors, da Argentina. O Milan e o Boca ingressam no torneio apenas na fase semifinal.

O vencedor do jogo entre o Sephan e o Waitakere enfrentará o Urawa Reds, do Japão, pelo direito de jogar contra o Milan, sete vezes campeão europeu, no próximo dia 13. A final acontece em Yokohama, no dia 16.

O Milan conquistou três vezes a competição intercontinental que antecedia o Mundial da Fifa: 1969, 1989 e 1990.

O Boca Juniors também conquistou o título três vezes, em 1977, 2000 e 2003. Na última, superou o próprio Milan nos pênaltis.

O capitão do time italiano, Paolo Maldini, em sua última temporada antes de aposentar-se, aos 39 anos, se despediria em grande estilo se o Milan conquistasse o Mundial de Clubes.

As três edições anteriores do Mundial ficaram nas mãos de clubes brasileiros: Corinthians (2000), São Paulo (2005) e Internacional (2006).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Milan é badalado na chegada ao Japão para o Mundial de Clubes

Das Agências

07/12/2007 | 07:05


Em clima de festa, o Milan desembarcou quinta-feira, em Tóquio, no Japão, para disputar o Mundial de Clubes da Fifa. Cerca de 300 torcedores foram ao aeroporto de Narita receber os jogadores do clube italiano.

O meio-campista brasileiro Kaká foi o jogador do Milan mais festejado na chegada, provocando gritos histéricos das torcedoras japonesas. Trinta policiais fizeram a segurança da equipe, e nenhum incidente foi registrado. O time realizou ainda quinta-feira uma sessão de treinos em Yokohama para tentar diminuir os efeitos do fuso-horário.

O Mundial começa nesta sexta-feira com o jogo entre Sepahan, do Irã, e Waitakere, da Nova Zelândia. As outras equipes que participam do Mundial de Clubes são: Pachuca, do México, Etoile du Sahel, de Marrocos, e Boca Juniors, da Argentina. O Milan e o Boca ingressam no torneio apenas na fase semifinal.

O vencedor do jogo entre o Sephan e o Waitakere enfrentará o Urawa Reds, do Japão, pelo direito de jogar contra o Milan, sete vezes campeão europeu, no próximo dia 13. A final acontece em Yokohama, no dia 16.

O Milan conquistou três vezes a competição intercontinental que antecedia o Mundial da Fifa: 1969, 1989 e 1990.

O Boca Juniors também conquistou o título três vezes, em 1977, 2000 e 2003. Na última, superou o próprio Milan nos pênaltis.

O capitão do time italiano, Paolo Maldini, em sua última temporada antes de aposentar-se, aos 39 anos, se despediria em grande estilo se o Milan conquistasse o Mundial de Clubes.

As três edições anteriores do Mundial ficaram nas mãos de clubes brasileiros: Corinthians (2000), São Paulo (2005) e Internacional (2006).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;