Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O restaurante, a barbearia, o correio há 100 anos...

Olhem a gravura. Antonio Queirós dos Santos é o senhor de chapéu e terno pretos. Está em visita aos inquilinos. À direita, Savino Degni...


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

14/01/2010 | 00:00


Olhem a gravura. Antonio Queirós dos Santos é o senhor de chapéu e terno pretos. Está em visita aos inquilinos. À direita, Savino Degni lê o jornal Avanti, enquanto espera por fregueses no Salão Roma, uma simpática barbearia no centro velho de Santo André.

* * *

Estamos numa das esquinas da Rua Bernardino de Campos com Rua General Glicério. Aqui está um dos primeiros restaurantes da cidade, que era chamado Trevisan, vizinho ao Salão Roma e à padaria. Era o incipiente comércio central da cidade.

A gravura desenhada originalmente por Nelson Cardoso Franco focaliza aspecto de Santo André anterior a 1913, data em que o prédio do Restaurante Trevisan foi demolido. Na rua, os trilhos do bondinho de Abílio Soares, ontem aqui comentado.

Os tópicos que se seguem são lembranças de infância de Nelson Cardoso Franco:

TREVISAN

O proprietário do restaurante era José Luiz Fabris, natural de Treviso, Itália. Ali faziam refeições engenheiros e mestres de uma obra em construção no final do século 19, a Companhia Industrial de São Bernardo, fábrica de vidros. A obra não foi concluída, pois foi à falência.

Também eram fregueses do Trevisan os mestres da Kowarick, uma fábrica de casimiras inaugurada na última década do século 19.

OS FABRIS

Com boa freguesia, o casal Fabris conseguiu bons haveres. Dona Josephina, esposa de José Luiz Fabris, era a cozinheira. Com o dinheiro acumulado, a família construiu várias casas em Santo André e pôde retornar à Itália: da primeira vez, a passeio; depois, em definitivo.

CORREIO

O proprietário seguinte do Trevisan foi Riccieri Magini. Em anexo funcionou a primeira agência o correio. Corina Magini era a agente.

LAZER

Nos fundos do restaurante existiu um salão com quatro janelas para a rua, local destinado a festas e bailes.

AS CASAS

Na continuidade do salão, duas casinhas. Numa delas, ao lado do Córrego Carapetuba, residiu a família Mariano; na outra, um casal de italianos já idosos e sem filhos: Vitório e Josefina engomadeira ou feiticeira.

SALÃO ROMA E PADARIA

O salão pertencia ao barbeiro Savino Degni; a padaria, de Arduino Marcelino, sucedido por André Magini.

CRÉDITOS

O desenho original foi publicado na edição de 3 de junho de 1951 do semanário Borda do Campo e republicado pela página Memória em 23 de julho de 1988. A atual versão, colorida, é de Agostinho Fratini, da editoria de artes do Diário, que acentua e preserva os traços de Nelson Cardoso Franco.

Turma do Rudge

Hoje é o aniversário de Reinaldo Antonio Chiavone. Ele nasceu em Rudge Ramos mesmo, em 14 de janeiro de 1952. É assistente administrativo. Sua família está no bairro desde a década de 1940: o pai, Domingos Chiavone, a mãe, Dona Mirna.

Sr. Domingos tem 85 anos. Participou das quermesses do padre Fiorente na Paróquia São João Batista, representou a Sociedade Esportiva Palmeiras em São Bernardo e manteve uma firma de distribuição de sal chamada Santana, ele que anteriormente fez carreira na Sal Cisne.

Dona Mirna foi presidente do MAT (Movimento Amor e Trabalho), ligado à paróquia.

Reinaldo conta que a sua rua, a Cândido Portinari, tinha apenas duas casas quando os Chiavone chegaram. Sr. Domingos abriu um poço raso de água que servia à vizinhança, já que a falta d'água era grande em Rudge Ramos.

Trabalhadores

Nasceram em 14 de janeiro:

1 - Carlos Caetano Guidugli. 1909. Natural de Santo André. Contramestre da CBC. Residência: Rua Curuzu, 517.

2 - Sebastião da Silva Guimarães. 1910. Natural de Socorro (SP). Industriário da Rhodia. Residência: Rua Silveira Martins, 195.

3 - Alberto Cassiano. 1915. Natural de São Paulo. Foguista da empresa Fernando Hackradt. Residência: Rua Bolívia, 765, Parque das Nações.

4 - Antonio Correia. 1915. Naural de Guaranésia (MG). Torneiro da Brasitex, em São Caetano. Residência: Rua Doze, 250.

5 - Santo Navarro. 1907. Natural de Porto Ferreira (SP). Operário da Química Industrial. Residência: Rua Guacurus, 47.

Fonte: I livro de registro de associados do Sindicato dos Químicos do ABC.

EM 14 DE JANEIRO DE...

1900 - Inauguração da nova estação de Paranapiacaba, que foi destruída por incêndio em 1981.

1980 - Instalação do Rotary Club de Diadema.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS

Domingo, 13 de janeiro de 1980

Política - Programa do PT pede sociedade igualitária. Comissão provisória nacional marca para 27 de janeiro a assinatura do manifesto de fundação do partido.

O Diário publicava a íntegra do manifesto do PT.

Migração - A história de Humberto Honorato da Silva. Ou: a odisséia de mais um nordestino que descobriu São Paulo - parte 1.

HOJE

Dia do Treinador de Futebol e Dia do Enfermo.

SANTOS DO DIA

Dácio, Félix de Nola, Ida, Odorico de Pordenone, Pedro Donders e Verônica de Milão.

Na estampa, Santo Hilário (bispo), cuja data foi celebrada ontem.

Crédito da estampa: Acervo Vangelista Bazani (Gili) e João de Deus Martinez.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;