Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Usuários de telefone têm novo órgão de assistência


Do Diário do Grande ABC

31/05/2005 | 07:43


Começa a operar nesta quarta em todo o Estado de São Paulo o Indec Telecom (Instituto Nacional de Defesa do Consumidor em Telecomunicações). A proposta do órgão é estreitar o relacionamento dos consumidores com as empresas de telefonias fixa e móvel, de forma que os problemas com a prestação de serviços sejam resolvidos mais rapidamente e os índices de reclamações no setor caiam.

A proposta foi iniciativa de nove consumidores que tiveram experiências frustrantes com empresas de telefonia. “Estamos negociando com as operadoras formas de priorizar o atendimento aos associados do instituto”, explica um dos idealizadores da entidade, o advogado Tagino Alves dos Santos. À véspera do início do funcionamento do órgão, o grupo firmou acordo com uma empresa do setor, a Telefônica.

Para ter acesso à defesa feita pelo Indec Telecom, os consumidores devem se associar por meio da sua entidade de classe a custo mensal que varia de R$ 0,30 a R$ 2. “A taxa é para que todos os sócios do sindicato tenham acesso ao serviço.”

A adesão ao órgão pode ser feita pela internet, por meio do site www.indectelcom.org.br. Os associados terão acesso irrestrito ao site, podendo acompanhar o andamento das reclamações.

O Indec Telecom será lançado oficialmente nesta terça, às 19h, na Assembléia Legislativa.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Usuários de telefone têm novo órgão de assistência

Do Diário do Grande ABC

31/05/2005 | 07:43


Começa a operar nesta quarta em todo o Estado de São Paulo o Indec Telecom (Instituto Nacional de Defesa do Consumidor em Telecomunicações). A proposta do órgão é estreitar o relacionamento dos consumidores com as empresas de telefonias fixa e móvel, de forma que os problemas com a prestação de serviços sejam resolvidos mais rapidamente e os índices de reclamações no setor caiam.

A proposta foi iniciativa de nove consumidores que tiveram experiências frustrantes com empresas de telefonia. “Estamos negociando com as operadoras formas de priorizar o atendimento aos associados do instituto”, explica um dos idealizadores da entidade, o advogado Tagino Alves dos Santos. À véspera do início do funcionamento do órgão, o grupo firmou acordo com uma empresa do setor, a Telefônica.

Para ter acesso à defesa feita pelo Indec Telecom, os consumidores devem se associar por meio da sua entidade de classe a custo mensal que varia de R$ 0,30 a R$ 2. “A taxa é para que todos os sócios do sindicato tenham acesso ao serviço.”

A adesão ao órgão pode ser feita pela internet, por meio do site www.indectelcom.org.br. Os associados terão acesso irrestrito ao site, podendo acompanhar o andamento das reclamações.

O Indec Telecom será lançado oficialmente nesta terça, às 19h, na Assembléia Legislativa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;