Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Gisele Bündchen desfila no Rio


Christiane Ferreira
Enviada do Diário do Grande ABC ao Rio

14/01/2005 | 16:18


Esta sexta-feira não é dia só de Fashion Rio, mas de Gisele Bündchen. A top desfilará para a Colcci, que tem loja no Grande ABC, e faz sua única apresentação no evento, que termina sábado no MAM (Museu de Arte Moderna), na capital fluminense. Depois, concederá entrevista coletiva de no máximo dez minutos, mas já avisou que não responderá perguntas sobre a vida pessoal. Ainda nesta sexta-feira, mostram suas peças os novos designers (Melk Z-Da e Artemísia), Graça Ottoni, Cavendish, Zigfreda e Drosófila.

Na quarta-feira, no complexo de estúdios da Globo, Gisele participou de uma sessão de fotos para a Vogue, uma das mais importantes publicações de moda em todo o mundo. O ensaio especial servirá para comemorar os dez anos de atividades da revista no Brasil. A visita rendeu uma série de rumores de que a modelo faria participação especial em um novela, o que foi desmentido pela emissora.

Artesanal – As tendências para o inverno 2005 permeiam vários estilos, garantia de que a próxima estação será uma colcha de retalhos. Explica-se: o patchwork vem com força, principalmente em peças chiques. “Costumo chamar essa aposta de new boemia ou new hippie artesanal, em que um há um mix do moderno com o sofisticado”, afirma a jornalista especializada em moda Regina Martelli.

Outra aposta que deve merecer atenção é a mistura de diversos tecidos, principalmente os rústicos e fluidos numa mesma composição. O tweed volta com força total em calças de alfaiataria, trenchcoats e saias retas com gomos.

E os bichos que se cuidem, pois as peles são recursos recorrentes de quase todos os estilistas. Elas aparecem em estolas, casacos longos, pequenos detalhes em mangas e até em sapatos. Algumas dessas tendências puderam ser vistas nos desfiles de quarta-feira, que contou com as grifes Santa Ephigênia, Victor Dzenk, Patricia Viera, Mara Mac, Virzi, O estúdio e TNG, esta com a participação da modelo Naomi Campbell, que mais uma vez deixou aparecer parte dos seios.

Nos pés, além das clássicas botas – de vários estilos, saltos e sempre altas –, aparecem as sandálias usadas com meias grossas. Vale até ponta dos dedinhos aparecendo. E o principal: a meia deve ser de cor bem contrastante com o sapato, nada de discrição.

As saias estão mais rodadas e godês do que nunca, conferindo um toque bem feminino e romântico à silhueta feminina. As cores podem ser cinza, preto, branco, tons terrosos, verde-bandeira, amarelo, laranja, turquesa, salmão, rosa, marrom, vinho etc.

Paralelamente ao evento, a estilista Claudia Simões mostrou ontem sua coleção na Sociedade Hípica Brasileira. Com peças elegantes, ela também aderiu ao uso de pele. A coleção é pensada para o Brasil e para o exterior. As peles surgem em pequenos detalhes.

Outra tendência para o inverno são peças de alfaiataria, principalmente tweed sem acabamento, as vezes com a barra desfiada, detalhe que remete ao conceito artesanal. No casting de Claudia desfilaram, além das tops Mariana Weitckert e Talyta Pugliese, as atrizes Angela Vieira e Mila Moreira, e a empresária Luiza Brunet – as três últimas amigas pessoas da estilista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;