Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O governo de SP e o setor da construção

A 19ª Feicon Batimat traz mais de 1.030 expositores e 2.000 lançamentos


Cláudio Conz

14/03/2013 | 00:00


Nesta semana, escrevo meu artigo diretamente do Anhembi, da 19ª Feicon Batimat (Salão Internacional da Construção), que acontece até sábado. A feira traz mais de 1.030 expositores e 2.000 lançamentos. Cerca de 60 mil lojistas devem visitar o evento, gerando mais de R$ 350 milhões em negócios. Participei da solenidade de abertura ontem, ao lado do governador Geraldo Alckmin, que se comprometeu a simplificar o regime de substituição tributária no Estado - que hoje conta com 126 MVAs (Margens de Valor Agregado).

Reunimo-nos há alguns meses e o governador disse que se nosso setor apresentasse uma proposta de comum acordo do varejo e da indústria teríamos seu apoio. E nós já fizemos isso. O documento já está de posse do governo. O desafio foi lançado e nós cumprimos a nossa parte. Agora, estamos aguardando com ansiedade pela aprovação das medidas.

Alckmin comentou o assunto em sua fala, ressaltando a importância do regime de substituição tributária para o desenvolvimento do Estado e o entendimento por parte do governo da necessidade de diminuição do número de MVAs para o setor, o que me deixou bastante contente. Estamos na expectativa, pois os mais de 120 índices para o cálculo de recolhimento do imposto causam enorme confusão aos varejistas.

O governador também anunciou a ampliação do Centro de Exposições Imigrantes, que deve triplicar de tamanho com a transferência da Secretaria de Agricultura para o Centro da cidade, e o apoio à obra ‘Piritubão' - centro de exposições que deverá ser construído para concorrer à Expo 2020.

Ele contou que foi iniciada uma PPP (Parceria Público-Privada) para a construção da Linha 6 do Metrô, que deve ir da Estação São Joaquim, passando por universidades como PUC e Mackenzie, até a Freguesia do Ó e Brasilândia. Ele anunciou também a primeira PPP para habitação de interesse social, que tem como objetivo revitalizar o centro expandido da cidade de São Paulo, em bairros como Liberdade, Bela Vista, Mooca e Pari. A subprefeitura da Sé, por exemplo, tem 17% dos empregos de toda a cidade, mas possui somente 3% dos moradores. Somente essa PPP deve movimentar R$ 4,6 bilhões.

Segundo Alckmin, estão em andamento também estudos para a implantação do trem-bala, que fará conexão entre os aeroportos de Congonhas, Cumbica e Campo de Marte. Outra linha ligará a Água Branca, na Zona Oeste de São Paulo, até Jundiaí, em 25 minutos. O governador também anunciou o começo das obras do Rodoanel Norte. De acordo com a autoridade, "quando a construção civil vai bem, o emprego vai bem. Isso ajuda duplamente. O emprego leva ao consumo e atrai mais investimentos". É verdade, temos vivenciado isso em nosso dia a dia no varejo de material de construção. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O governo de SP e o setor da construção

A 19ª Feicon Batimat traz mais de 1.030 expositores e 2.000 lançamentos

Cláudio Conz

14/03/2013 | 00:00


Nesta semana, escrevo meu artigo diretamente do Anhembi, da 19ª Feicon Batimat (Salão Internacional da Construção), que acontece até sábado. A feira traz mais de 1.030 expositores e 2.000 lançamentos. Cerca de 60 mil lojistas devem visitar o evento, gerando mais de R$ 350 milhões em negócios. Participei da solenidade de abertura ontem, ao lado do governador Geraldo Alckmin, que se comprometeu a simplificar o regime de substituição tributária no Estado - que hoje conta com 126 MVAs (Margens de Valor Agregado).

Reunimo-nos há alguns meses e o governador disse que se nosso setor apresentasse uma proposta de comum acordo do varejo e da indústria teríamos seu apoio. E nós já fizemos isso. O documento já está de posse do governo. O desafio foi lançado e nós cumprimos a nossa parte. Agora, estamos aguardando com ansiedade pela aprovação das medidas.

Alckmin comentou o assunto em sua fala, ressaltando a importância do regime de substituição tributária para o desenvolvimento do Estado e o entendimento por parte do governo da necessidade de diminuição do número de MVAs para o setor, o que me deixou bastante contente. Estamos na expectativa, pois os mais de 120 índices para o cálculo de recolhimento do imposto causam enorme confusão aos varejistas.

O governador também anunciou a ampliação do Centro de Exposições Imigrantes, que deve triplicar de tamanho com a transferência da Secretaria de Agricultura para o Centro da cidade, e o apoio à obra ‘Piritubão' - centro de exposições que deverá ser construído para concorrer à Expo 2020.

Ele contou que foi iniciada uma PPP (Parceria Público-Privada) para a construção da Linha 6 do Metrô, que deve ir da Estação São Joaquim, passando por universidades como PUC e Mackenzie, até a Freguesia do Ó e Brasilândia. Ele anunciou também a primeira PPP para habitação de interesse social, que tem como objetivo revitalizar o centro expandido da cidade de São Paulo, em bairros como Liberdade, Bela Vista, Mooca e Pari. A subprefeitura da Sé, por exemplo, tem 17% dos empregos de toda a cidade, mas possui somente 3% dos moradores. Somente essa PPP deve movimentar R$ 4,6 bilhões.

Segundo Alckmin, estão em andamento também estudos para a implantação do trem-bala, que fará conexão entre os aeroportos de Congonhas, Cumbica e Campo de Marte. Outra linha ligará a Água Branca, na Zona Oeste de São Paulo, até Jundiaí, em 25 minutos. O governador também anunciou o começo das obras do Rodoanel Norte. De acordo com a autoridade, "quando a construção civil vai bem, o emprego vai bem. Isso ajuda duplamente. O emprego leva ao consumo e atrai mais investimentos". É verdade, temos vivenciado isso em nosso dia a dia no varejo de material de construção. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;