Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Feirões de veículos ajudam a retomar vendas de zero km


Eric Fujita
Do Diário do Grande ABC

22/11/2005 | 08:28


Depois de duas quedas consecutivas, as vendas de veículos zero km retomaram fôlego e tiveram aumentos expressivos na 1ªquinzena do mês. Balanço parcial da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) apontou acréscimo de 15% se comparado à 1ªquinzena de outubro. Em relação à igual período do ano passado, o acréscimo chega a 24,31%.

O levantamento engloba carros de passeio, comerciais leves, caminhões e ônibus e leva em consideração os dias úteis do período. Na primeira metade do mês, foram emplacados 84.050 unidades contra 73.089 em outubro. Na 1ªquinzena de novembro do ano passado houve 67.613 licenciamentos.

Segundo a Fenabrave, a participação de carros compactos, os populares, perderam participação nas vendas. A fatia do segmento caiu para 44,1%. Nos 15 primeiros de outubro, esse percentual atingia 46%.

Para o vice-presidente da entidade, Olavo Valejo, as campanhas de estímulo às vendas, organizadas pelas montadoras e concessionárias, como os feirões, contribuíram para esse bom desempenho. Como exemplo, ele citou o feirão promovido pela GM.

“As empresas querem estimular o mercado também de olho no Natal”, disse Valejo, que também é presidente do Sincodiv (Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos do Estado).

Na parcial de novembro, o destaque ficou para GM, que voltou a ocupar a liderança do mercado no segmento automóveis, com 26,61% de participação. Até o final de outubro, a empresa estava na segunda colocação.

As entregas do novo Vectra podem ter contribuído para essa subida, destacou o consultor Fernando Rolim, da Rolim Consult. Só na 1ªquinzena a GM entregou 1.633 unidades do modelo, contra 38 em outubro – quase 4.200% a mais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Feirões de veículos ajudam a retomar vendas de zero km

Eric Fujita
Do Diário do Grande ABC

22/11/2005 | 08:28


Depois de duas quedas consecutivas, as vendas de veículos zero km retomaram fôlego e tiveram aumentos expressivos na 1ªquinzena do mês. Balanço parcial da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) apontou acréscimo de 15% se comparado à 1ªquinzena de outubro. Em relação à igual período do ano passado, o acréscimo chega a 24,31%.

O levantamento engloba carros de passeio, comerciais leves, caminhões e ônibus e leva em consideração os dias úteis do período. Na primeira metade do mês, foram emplacados 84.050 unidades contra 73.089 em outubro. Na 1ªquinzena de novembro do ano passado houve 67.613 licenciamentos.

Segundo a Fenabrave, a participação de carros compactos, os populares, perderam participação nas vendas. A fatia do segmento caiu para 44,1%. Nos 15 primeiros de outubro, esse percentual atingia 46%.

Para o vice-presidente da entidade, Olavo Valejo, as campanhas de estímulo às vendas, organizadas pelas montadoras e concessionárias, como os feirões, contribuíram para esse bom desempenho. Como exemplo, ele citou o feirão promovido pela GM.

“As empresas querem estimular o mercado também de olho no Natal”, disse Valejo, que também é presidente do Sincodiv (Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos do Estado).

Na parcial de novembro, o destaque ficou para GM, que voltou a ocupar a liderança do mercado no segmento automóveis, com 26,61% de participação. Até o final de outubro, a empresa estava na segunda colocação.

As entregas do novo Vectra podem ter contribuído para essa subida, destacou o consultor Fernando Rolim, da Rolim Consult. Só na 1ªquinzena a GM entregou 1.633 unidades do modelo, contra 38 em outubro – quase 4.200% a mais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;