Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Hezbollah fere miliciano pró-israelense no Sul do Líbano


Do Diário do Grande ABC

27/02/2000 | 16:20


Um miliciano do Exército do Sul do Líbano (ELS, milícia auxiliar de Israel) ficou gravemente ferido este domingo, num ataque do movimento radical xiita libanês Hezbollah, enquanto que o Estado hebreu continuava seus bombardeios no sul do país, iniciados durante a noite.

O miliciano ficou ferido na explosao de uma bomba, na passagem de sua patrulha, nos limites da zona ocupada por Israel, segundo um comunicado do ELS em Marjayun.

O ataque foi reivindicado pela Resistência Islâmica, braço armado do Hezbollah.

Num comunicado divulgado em Beirute, o Hezbollah também reivindicou um bombardeio no setor ocidental da zona ocupada, que nao deixou vítimas.

Segundo a polícia libanesa, os caças israelenses dispararam dois mísseis ar-terra, e a artilharia israelense na regiao ocupada disparou cerca de 30 obuses, sem causar vítimas.

Desde o começo do ano, combatentes anti-israelenses mataram seis milicianos do ELS, e deixaram feridos outros 14.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hezbollah fere miliciano pró-israelense no Sul do Líbano

Do Diário do Grande ABC

27/02/2000 | 16:20


Um miliciano do Exército do Sul do Líbano (ELS, milícia auxiliar de Israel) ficou gravemente ferido este domingo, num ataque do movimento radical xiita libanês Hezbollah, enquanto que o Estado hebreu continuava seus bombardeios no sul do país, iniciados durante a noite.

O miliciano ficou ferido na explosao de uma bomba, na passagem de sua patrulha, nos limites da zona ocupada por Israel, segundo um comunicado do ELS em Marjayun.

O ataque foi reivindicado pela Resistência Islâmica, braço armado do Hezbollah.

Num comunicado divulgado em Beirute, o Hezbollah também reivindicou um bombardeio no setor ocidental da zona ocupada, que nao deixou vítimas.

Segundo a polícia libanesa, os caças israelenses dispararam dois mísseis ar-terra, e a artilharia israelense na regiao ocupada disparou cerca de 30 obuses, sem causar vítimas.

Desde o começo do ano, combatentes anti-israelenses mataram seis milicianos do ELS, e deixaram feridos outros 14.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;