Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mulher é apedrejada até a morte por obscenidade no Irã


Do Diário OnLine

21/05/2001 | 12:00


Uma mulher foi enterrada até a altura das axilas e apedrejada até a morte por oficiais de Justiça no Irã. Segundo o jornal Entekhad, ela foi morta por participar de filmes obscenos.

No entanto, a mulher de 35 anos negou as acusações, mas o depoimento de testemunhas e as evidências levaram o juiz a dar a sentença máxima permitida sob a lei islâmica.

Ela chegou a ser presa e foi apedrejada nas dependências da prisão de Evin, em Teerã. O apedrejamento é uma punição relativamente rara no Irã, onde traficantes de drogas e assassinos são geralmente enforcados.

As mulheres são enterradas até as axilas para que as pedras não atinjam seus seios. Já os homens, são enterrados até a cintura e se conseguirem escapar, são libertados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mulher é apedrejada até a morte por obscenidade no Irã

Do Diário OnLine

21/05/2001 | 12:00


Uma mulher foi enterrada até a altura das axilas e apedrejada até a morte por oficiais de Justiça no Irã. Segundo o jornal Entekhad, ela foi morta por participar de filmes obscenos.

No entanto, a mulher de 35 anos negou as acusações, mas o depoimento de testemunhas e as evidências levaram o juiz a dar a sentença máxima permitida sob a lei islâmica.

Ela chegou a ser presa e foi apedrejada nas dependências da prisão de Evin, em Teerã. O apedrejamento é uma punição relativamente rara no Irã, onde traficantes de drogas e assassinos são geralmente enforcados.

As mulheres são enterradas até as axilas para que as pedras não atinjam seus seios. Já os homens, são enterrados até a cintura e se conseguirem escapar, são libertados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;