Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano joga completo


Dos enviados pelo Diário a Atibaia

16/05/2001 | 00:02


O São Caetano chega completo para a partida decisiva contra o Palmeiras. Apesar da vitória por 1 a 0 no primeiro jogo, quarta-feira passada, o time do técnico Jair Picerni jogou sem o lateral-esquerdo César e o meia Esquerdinha, que nesta quarta voltam ao time para dar mais força de ataque pela lateral e equilíbrio no setor de meio-campo.

César, que levou uma pancada no tornozelo direito há uma semana, fez mais um teste terça e não sentiu dores no local. Mesmo assim, o jogador garante que só vai para o jogo se estiver 100%. Ele não quer minar as possibilidades de Picerni e da equipe de conquistar a vaga. “Não posso entrar para pedir para sair depois de dois minutos e queimar uma substituição. Mas pelo que senti hoje (ontem), vou para o jogo”, disse.

O que César não quer é ficar de fora de uma partida decisiva, que considera difícil, mas vê grandes chances do seu time. “É dentro da partida que vamos construindo as facilidades”.

A volta de Esquerdinha também agrada o lateral, que rende mais com a presença do meia. “A gente tem uma sintonia dentro de campo muito legal. Então taticamente a gente vai 100%. Os jogadores que foram para o improviso na primeira partida tinham vontade e determinação. Nossa porcentagem de errar é bem menor porque temos a característica da posição”.

Esquerdinha retribui os elogios de César. Para ele, a presença do lateral no setor esquerdo do ataque dá mais poder ofensivo ao Azulão. “É um jogador que sabe defender bem e apóia o ataque com muita eficiência. Isso sem contar que costuma ser preciso nas finalizações e quando se infiltra na área adversária. Com certeza a equipe vai ganhar muito com o retorno do César”, afirmou o meia, já recuperado de uma contusão no joelho esquerdo, que o afastou dos gramados por quase 20 dias.

Para Esquerdinha, o São Caetano terá de prestar atenção redobrada nos primeiros 15 minutos da partida. “Eles precisam da vitória para se classificar e vão tentar nos surpreender logo no começo do jogo. Se conseguirmos segurá-los e até marcar um gol, a torcida vai começar a pegar no pé dos jogadores e isso deverá beneficiar a nossa equipe, que poderá buscar a vitória nos contra-ataques.” — AV/AC



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano joga completo

Dos enviados pelo Diário a Atibaia

16/05/2001 | 00:02


O São Caetano chega completo para a partida decisiva contra o Palmeiras. Apesar da vitória por 1 a 0 no primeiro jogo, quarta-feira passada, o time do técnico Jair Picerni jogou sem o lateral-esquerdo César e o meia Esquerdinha, que nesta quarta voltam ao time para dar mais força de ataque pela lateral e equilíbrio no setor de meio-campo.

César, que levou uma pancada no tornozelo direito há uma semana, fez mais um teste terça e não sentiu dores no local. Mesmo assim, o jogador garante que só vai para o jogo se estiver 100%. Ele não quer minar as possibilidades de Picerni e da equipe de conquistar a vaga. “Não posso entrar para pedir para sair depois de dois minutos e queimar uma substituição. Mas pelo que senti hoje (ontem), vou para o jogo”, disse.

O que César não quer é ficar de fora de uma partida decisiva, que considera difícil, mas vê grandes chances do seu time. “É dentro da partida que vamos construindo as facilidades”.

A volta de Esquerdinha também agrada o lateral, que rende mais com a presença do meia. “A gente tem uma sintonia dentro de campo muito legal. Então taticamente a gente vai 100%. Os jogadores que foram para o improviso na primeira partida tinham vontade e determinação. Nossa porcentagem de errar é bem menor porque temos a característica da posição”.

Esquerdinha retribui os elogios de César. Para ele, a presença do lateral no setor esquerdo do ataque dá mais poder ofensivo ao Azulão. “É um jogador que sabe defender bem e apóia o ataque com muita eficiência. Isso sem contar que costuma ser preciso nas finalizações e quando se infiltra na área adversária. Com certeza a equipe vai ganhar muito com o retorno do César”, afirmou o meia, já recuperado de uma contusão no joelho esquerdo, que o afastou dos gramados por quase 20 dias.

Para Esquerdinha, o São Caetano terá de prestar atenção redobrada nos primeiros 15 minutos da partida. “Eles precisam da vitória para se classificar e vão tentar nos surpreender logo no começo do jogo. Se conseguirmos segurá-los e até marcar um gol, a torcida vai começar a pegar no pé dos jogadores e isso deverá beneficiar a nossa equipe, que poderá buscar a vitória nos contra-ataques.” — AV/AC

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;