Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Londres tenta acalmar ânimos de Israel após crítica de Straw


Da AFP

28/03/2003 | 00:23


A Grã-Bretanha tentava nesta sexta-feira minimizar o mal-estar provocado com Israel pela declaração de seu ministro das Relações Exteriores, Jack Straw, de que o mundo árabe acusa o Ocidente de praticar uma política de "dois pesos e duas medidas" em relação a Israel e ao Iraque.

"O ministro das Relações Exteriores ressaltava que todas as resoluções da ONU devem ser aplicadas, não apenas as relacionadas ao Iraque", disse um porta-voz à agência de notícias France Presse. "É lógico que não sugerimos que ambas as situações são parecidas", concluiu.

"As resoluções sobre o processo de paz do Oriente Médio exigem obrigações não apenas para Israel, mas também para os palestinos e os países árabes vizinhos", ressaltou.

"Nós não acusamos Israel. O ministro expressou claramente na entrevista sua indignação frente ao terrorismo em que vivem os israelenses", frisou.

Straw revelou, numa entrevista concedida ao serviço mundial da BBC, que o mundo árabe sentia "que o Ocidente era culpado por aplicar uma política de dois pesos e duas medidas: ao afirmar, por um lado, que as resoluções da ONU sobre o Iraque deveriam ser aplicadas e, por outro, ao transigir na aplicação de resoluções relacionadas a Israel e Palestina".

Este comentário de Straw foi denunciado pela imprensa israelense, que afirma que as duas situações não são comparáveis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;