Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Inundação tira 3.500 pessoas de suas casas na Sibéria


Das Agências

21/05/2001 | 12:36


O aumento do volume de água do rio siberiano Lena ameaça a cidade de Irkutsk, que encontra-se protegida por açudes improvisados, enquanto centenas pessoas têm de deixar suas casas, principalmente nos subúrbios. Pelo menos 3.500 pessoas já deixaram suas casas.

Cerca de 200 mil habitantes de Irkutsk acompanham o aumento das águas, que invadiu o aeroporto local.

Dois povoados do subúrbio, Sirdakh e Tulaguino, foram inundados e outros dois, Kangualassi e Jatai, não têm mais contato com terra firme.

O rio Lena, quarto rio russo por sua extensão (4.400 quilômetros), aumentou 8,5 metros e ganha cinco metros por hora. Os açudes improvisados podem sustentar um aumento máximo de 9,5 metros. O rio enche a cada momento porque está recebendo a água proveniente do degelo das montanhas do sul da Sibéria.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inundação tira 3.500 pessoas de suas casas na Sibéria

Das Agências

21/05/2001 | 12:36


O aumento do volume de água do rio siberiano Lena ameaça a cidade de Irkutsk, que encontra-se protegida por açudes improvisados, enquanto centenas pessoas têm de deixar suas casas, principalmente nos subúrbios. Pelo menos 3.500 pessoas já deixaram suas casas.

Cerca de 200 mil habitantes de Irkutsk acompanham o aumento das águas, que invadiu o aeroporto local.

Dois povoados do subúrbio, Sirdakh e Tulaguino, foram inundados e outros dois, Kangualassi e Jatai, não têm mais contato com terra firme.

O rio Lena, quarto rio russo por sua extensão (4.400 quilômetros), aumentou 8,5 metros e ganha cinco metros por hora. Os açudes improvisados podem sustentar um aumento máximo de 9,5 metros. O rio enche a cada momento porque está recebendo a água proveniente do degelo das montanhas do sul da Sibéria.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;