Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula encerra visita à China e segue para o México


Do Diário OnLine
Com Agências

27/05/2004 | 10:35


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou nesta quinta-feira sua visita de cinco dias à China e partiu para Guadalajara, no México. Em Xangai, ele fez um balanço positivo da missão em território chinês, considerada "a de maior êxito da política externa brasileira".

Lula ressaltou que o Brasil não quer ser um "mero exportador de soja e minério de ferro para a China", destacando a necessidade de uma exportação e importação de conhecimento. O presidente lembrou que por não terem conflitos históricos, brasileiros e chineses podem ser grandes parceiros comerciais e políticos.

"Os dois países estão em uma fase de desenvolvimento similar. Têm posições parecidas nos temas internacionais", declarou o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Liu Jianchao. Ele garantiu que a China "é favorável a que o Brasil desempenhe um papel ativo na ONU (Organização das Nações Unidas) e em outras organizações multilaterais".

Jianchao citou os setores nos quais a cooperação comercial deve ser intensificada, como a construção de aviões, a agricultura, a infra-estrutura e a tecnologia espacial. "As duas partes já lançaram dois satélites e querem lançar um terceiro num futuro próximo", acrescentou o porta-voz.

O governo chinês também se mostra favorável a uma cooperação com o Brasil no setor de energia. A China, que prevê o início da construção de quatro reatores este ano e de outros quatro no próximo ano, está muito interessada no urânio brasileiro.

Nesta quinta, Lula tomou café da manhã com lideranças empresariais em Xangai. Depois, ele reuniu-se com a primeira-ministra de Bangladesh, Begum Khaleda Zia.

Antes de viajar para o México, Lula participou de um banquete oferecido pelo prefeito de Xangai.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lula encerra visita à China e segue para o México

Do Diário OnLine
Com Agências

27/05/2004 | 10:35


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou nesta quinta-feira sua visita de cinco dias à China e partiu para Guadalajara, no México. Em Xangai, ele fez um balanço positivo da missão em território chinês, considerada "a de maior êxito da política externa brasileira".

Lula ressaltou que o Brasil não quer ser um "mero exportador de soja e minério de ferro para a China", destacando a necessidade de uma exportação e importação de conhecimento. O presidente lembrou que por não terem conflitos históricos, brasileiros e chineses podem ser grandes parceiros comerciais e políticos.

"Os dois países estão em uma fase de desenvolvimento similar. Têm posições parecidas nos temas internacionais", declarou o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Liu Jianchao. Ele garantiu que a China "é favorável a que o Brasil desempenhe um papel ativo na ONU (Organização das Nações Unidas) e em outras organizações multilaterais".

Jianchao citou os setores nos quais a cooperação comercial deve ser intensificada, como a construção de aviões, a agricultura, a infra-estrutura e a tecnologia espacial. "As duas partes já lançaram dois satélites e querem lançar um terceiro num futuro próximo", acrescentou o porta-voz.

O governo chinês também se mostra favorável a uma cooperação com o Brasil no setor de energia. A China, que prevê o início da construção de quatro reatores este ano e de outros quatro no próximo ano, está muito interessada no urânio brasileiro.

Nesta quinta, Lula tomou café da manhã com lideranças empresariais em Xangai. Depois, ele reuniu-se com a primeira-ministra de Bangladesh, Begum Khaleda Zia.

Antes de viajar para o México, Lula participou de um banquete oferecido pelo prefeito de Xangai.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;