Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Socialista Medgyessy é eleito 1º ministro da Hungria


Das Agências

27/05/2002 | 08:52


Peter Medgyessy, um socialista de 59 anos, foi eleito segunda-feira primeiro-ministro da Hungria pelo Parlamento, em Budapeste, para dirigir um governo de coalizão que deve levar seus país à União Européia.

Medgyessy sucede o conservador Viktor Orban, amplamente derrotado nas eleições legislativas de abril por uma coligação do partido socialista e dos liberais da Aliança dos Democratas Livres. Os socialistas e os liberais já haviam governado juntos de 1994 a 1998.

O novo governo deve concretizar a entrada da Hungria na União Européia daqui a 2004.

A Hungria, um país de 10 milhões de habitantes que era comunista, é um exemplo de sucesso na transição para a economia de mercado e é um dos países do Leste que mais avançou em suas negociações de adesão à UE.

Medgyessy formou um gabinete de 16 membros, vários deles especialistas sem partido, para aplicar um programa que tentará aliar a justiça social e o incentivo às empresas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Socialista Medgyessy é eleito 1º ministro da Hungria

Das Agências

27/05/2002 | 08:52


Peter Medgyessy, um socialista de 59 anos, foi eleito segunda-feira primeiro-ministro da Hungria pelo Parlamento, em Budapeste, para dirigir um governo de coalizão que deve levar seus país à União Européia.

Medgyessy sucede o conservador Viktor Orban, amplamente derrotado nas eleições legislativas de abril por uma coligação do partido socialista e dos liberais da Aliança dos Democratas Livres. Os socialistas e os liberais já haviam governado juntos de 1994 a 1998.

O novo governo deve concretizar a entrada da Hungria na União Européia daqui a 2004.

A Hungria, um país de 10 milhões de habitantes que era comunista, é um exemplo de sucesso na transição para a economia de mercado e é um dos países do Leste que mais avançou em suas negociações de adesão à UE.

Medgyessy formou um gabinete de 16 membros, vários deles especialistas sem partido, para aplicar um programa que tentará aliar a justiça social e o incentivo às empresas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;