Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Escrita a passos largos

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Escritor andreense Atila Velo lança segundo livro, que trata de tensão e humanidade


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

14/05/2019 | 07:00


Desde criança Atila Velo se envolvia com a escrita. Fazia livrinhos ilustrados, depois passou para histórias em quadrinhos. Hoje, aos 33 anos e com uma carreira na literatura que começou, profissionalmente,em 2013, o andreense Atila Velo dá passos largos na produção. Após dar vida ao seu primeiro livro, o escritor apresenta o sucessor, Voo CA523 — Depois da Queda (Editora Viseu, 72 páginas, R$ 29,90, em média), resultado de um ano de trabalho.

A obra conta de um voo inaugural entre a Cidade do Cabo (África do Sul) e Auckland (Nova Zelândia) em que o avião acaba caindo. Segundo autor, o acidente é determinante e suas peculiaridades são essenciais para toda a história, mas o foco principal da narrativa está na relação e sobrevivência daqueles que resistiram à queda do avião.

“Queria contar uma história envolvendo vários personagens de diversas origens diferentes e, talvez porque eu mesmo tenho medo de voar, tenha chegado ao desastre aéreo como ponto de partida para falar sobre como pessoas muito distantes poderiam tentar sobreviver e se relacionar em uma situação extrema.”

O escritor explica que toda a escrita foi baseada em muito estudo. “Comecei com uma pesquisa muito abrangente sobre aviação, acidentes, sobre a física envolvida, bem como sobre a geografia e cultura do local onde a história acontece”, diz.

Velo queria alguns personagens com características fortes para debater ideias complexas e, outros, complementares, para incentivar a reflexão sobre o comportamento e relacionamento humano. “A partir daí, só precisei fazê-los voar e depois jogá-los na terra com força”, brinca.

Na obra, Velo busca propagar mensagem de humanidade, mas também promove certa tensão com a história. Há o nervosismo por conta do acidente, da luta pela sobrevivência, dos relacionamentos conturbados e também o suspense pelo local desconhecido em que tudo acontece. “Mas por outro lado há muita discussão de ideias sobre a nossa existência, sobre o valor da vida, nossa postura com relação aos fatos, liderança, relacionamento humano”, ressalta.

Agora que a obra está pronta para ser consumida, o andreense diz que, para ele, terminar um livro é uma grande satisfação. “Me deu a sensação de que passei a contribuir com o avanço do pensamento de algumas pessoas, que incentivei a reflexão e forneci entretenimento. Mesmo que meu trabalho faça diferença na vida de poucas pessoas, já é uma grande recompensa”, diz.

Mesmo com o segundo livro em plena fase de lançamento, Velo adianta que o terceiro já está pronto e em negociação com as editoras. “Fala sobre jovem mulher que redescobre sua personalidade e visão de mundo após perder a memória. Ele trata de diversos assuntos contemporâneos e é situado entre a Capital e o Interior do Estado de São Paulo”, encerra.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Escrita a passos largos

Escritor andreense Atila Velo lança segundo livro, que trata de tensão e humanidade

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

14/05/2019 | 07:00


Desde criança Atila Velo se envolvia com a escrita. Fazia livrinhos ilustrados, depois passou para histórias em quadrinhos. Hoje, aos 33 anos e com uma carreira na literatura que começou, profissionalmente,em 2013, o andreense Atila Velo dá passos largos na produção. Após dar vida ao seu primeiro livro, o escritor apresenta o sucessor, Voo CA523 — Depois da Queda (Editora Viseu, 72 páginas, R$ 29,90, em média), resultado de um ano de trabalho.

A obra conta de um voo inaugural entre a Cidade do Cabo (África do Sul) e Auckland (Nova Zelândia) em que o avião acaba caindo. Segundo autor, o acidente é determinante e suas peculiaridades são essenciais para toda a história, mas o foco principal da narrativa está na relação e sobrevivência daqueles que resistiram à queda do avião.

“Queria contar uma história envolvendo vários personagens de diversas origens diferentes e, talvez porque eu mesmo tenho medo de voar, tenha chegado ao desastre aéreo como ponto de partida para falar sobre como pessoas muito distantes poderiam tentar sobreviver e se relacionar em uma situação extrema.”

O escritor explica que toda a escrita foi baseada em muito estudo. “Comecei com uma pesquisa muito abrangente sobre aviação, acidentes, sobre a física envolvida, bem como sobre a geografia e cultura do local onde a história acontece”, diz.

Velo queria alguns personagens com características fortes para debater ideias complexas e, outros, complementares, para incentivar a reflexão sobre o comportamento e relacionamento humano. “A partir daí, só precisei fazê-los voar e depois jogá-los na terra com força”, brinca.

Na obra, Velo busca propagar mensagem de humanidade, mas também promove certa tensão com a história. Há o nervosismo por conta do acidente, da luta pela sobrevivência, dos relacionamentos conturbados e também o suspense pelo local desconhecido em que tudo acontece. “Mas por outro lado há muita discussão de ideias sobre a nossa existência, sobre o valor da vida, nossa postura com relação aos fatos, liderança, relacionamento humano”, ressalta.

Agora que a obra está pronta para ser consumida, o andreense diz que, para ele, terminar um livro é uma grande satisfação. “Me deu a sensação de que passei a contribuir com o avanço do pensamento de algumas pessoas, que incentivei a reflexão e forneci entretenimento. Mesmo que meu trabalho faça diferença na vida de poucas pessoas, já é uma grande recompensa”, diz.

Mesmo com o segundo livro em plena fase de lançamento, Velo adianta que o terceiro já está pronto e em negociação com as editoras. “Fala sobre jovem mulher que redescobre sua personalidade e visão de mundo após perder a memória. Ele trata de diversos assuntos contemporâneos e é situado entre a Capital e o Interior do Estado de São Paulo”, encerra.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;