Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Gestão de pessoas na era do conhecimento

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cíntia Bortotto

06/05/2019 | 07:10


Em tempos de mudança, a única certeza é a própria mudança, e é neste contexto que temos trabalhado, tendo como impulsionadores a tecnologia e a globalização.

Segundo um estudo de Josh Bersin, 47% dos empregos de hoje desaparecerão nos próximos dez anos. Estudos da McKinsey reforçam a mudança da categoria profissional, mas não apontam para o desemprego, mostram números entre 75 milhões e 375 milhões de pessoas que poderiam precisar mudar de categoria profissional até 2030 para encontrar trabalho. Reforça-se a tese de que teremos que pensar fortemente em como formar esses profissionais, recrutar e reter.

Se o cenário no ambiente de negócios muda a cada segundo, exigindo de líderes e da área de recursos humanos novas estratégias, o ambiente de trabalho dentro das organizações não é diferente. Mudanças devem ser executadas rapidamente, desde o estabelecimento do senso de urgência, passando pela definição e comunicação da visão e execução das mesmas. Hoje, para antecipar movimentos da organização, utilizam-se técnicas como design thinking, storytelling, gamefication, metodologias ágeis para dar mais velocidade aos processos organizacionais.

Neste contexto, as empresas precisam se diferenciar rápido e inovação passa a ser chave no processo. Ora, para inovar faz-se necessário o pensamento divergente, portanto, a diversidade passa a ser algo que deve ser incentivada e não evitada, como em contextos anteriores. Isso demanda revisão de processos, políticas, culturas e principalmente de valores e comportamentos das pessoas. Os conflitos no convívio com as diferenças aparecem e é exigido um outro nível de maturidade emocional dos gestores de pessoas nas organizações.

Um tema de destaque neste ambiente Vuca é o da mobilidade de carreiras. Pessoas passaram a transitar de um país para outro com mais facilidade no desenvolvimento de suas carreiras e muitas vezes para crescer em empresas, principalmente multinacionais. Isso não só é bem-visto como é necessário.

E, neste ambiente complexo, novas habilidades são exigidas. No ano de 2018, em um trabalho apresentado no Fórum Econômico Mundial, em seus estudos sobre o trabalho no futuro, foram apresentadas dez habilidades para os profissionais em 2020, são elas:

1 – Capacidade de resolver problemas;
2 – Pensamento crítico;
3 – Criatividade;
4 – Gestão de pessoas;
5 – Colaboração;
6 – Inteligência emocional;
7 – Capacidade de julgamento e decisão;
8 – Orientação a serviços;
9 – Negociação;
10 – Flexibilidade cognitiva.

É por esse cenário complexo e esse ambiente de trabalho que vamos viajar nas próximas semanas.

Vem comigo?

Siga confiante e boa sorte!
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gestão de pessoas na era do conhecimento

Cíntia Bortotto

06/05/2019 | 07:10


Em tempos de mudança, a única certeza é a própria mudança, e é neste contexto que temos trabalhado, tendo como impulsionadores a tecnologia e a globalização.

Segundo um estudo de Josh Bersin, 47% dos empregos de hoje desaparecerão nos próximos dez anos. Estudos da McKinsey reforçam a mudança da categoria profissional, mas não apontam para o desemprego, mostram números entre 75 milhões e 375 milhões de pessoas que poderiam precisar mudar de categoria profissional até 2030 para encontrar trabalho. Reforça-se a tese de que teremos que pensar fortemente em como formar esses profissionais, recrutar e reter.

Se o cenário no ambiente de negócios muda a cada segundo, exigindo de líderes e da área de recursos humanos novas estratégias, o ambiente de trabalho dentro das organizações não é diferente. Mudanças devem ser executadas rapidamente, desde o estabelecimento do senso de urgência, passando pela definição e comunicação da visão e execução das mesmas. Hoje, para antecipar movimentos da organização, utilizam-se técnicas como design thinking, storytelling, gamefication, metodologias ágeis para dar mais velocidade aos processos organizacionais.

Neste contexto, as empresas precisam se diferenciar rápido e inovação passa a ser chave no processo. Ora, para inovar faz-se necessário o pensamento divergente, portanto, a diversidade passa a ser algo que deve ser incentivada e não evitada, como em contextos anteriores. Isso demanda revisão de processos, políticas, culturas e principalmente de valores e comportamentos das pessoas. Os conflitos no convívio com as diferenças aparecem e é exigido um outro nível de maturidade emocional dos gestores de pessoas nas organizações.

Um tema de destaque neste ambiente Vuca é o da mobilidade de carreiras. Pessoas passaram a transitar de um país para outro com mais facilidade no desenvolvimento de suas carreiras e muitas vezes para crescer em empresas, principalmente multinacionais. Isso não só é bem-visto como é necessário.

E, neste ambiente complexo, novas habilidades são exigidas. No ano de 2018, em um trabalho apresentado no Fórum Econômico Mundial, em seus estudos sobre o trabalho no futuro, foram apresentadas dez habilidades para os profissionais em 2020, são elas:

1 – Capacidade de resolver problemas;
2 – Pensamento crítico;
3 – Criatividade;
4 – Gestão de pessoas;
5 – Colaboração;
6 – Inteligência emocional;
7 – Capacidade de julgamento e decisão;
8 – Orientação a serviços;
9 – Negociação;
10 – Flexibilidade cognitiva.

É por esse cenário complexo e esse ambiente de trabalho que vamos viajar nas próximas semanas.

Vem comigo?

Siga confiante e boa sorte!
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;