Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de Ribeirão cortará assessores


Cynthia Tavares
Especial para o Diário

02/08/2011 | 07:06


Cada vereador de Ribeirão Pires será obrigado a exonerar dois assessores. Atualmente, os gabinetes contam com cinco funcionários. A decisão foi tomada após série de reuniões para cumprir ordem do Tribunal de Justiça de São Paulo. O órgão julgou que o número de comissionados no Legislativo estava alto e estipulou prazo até setembro para que as demissões sejam efetuadas.

O presidente da Câmara, Gerson Constantino (PV), afirmou que estuda melhor saída para que as baixas não acarretem problemas no atendimento aos munícipes. "Precisamos fazer isso. Pensar bem para não tumultuar", declarou. Atualmente, a Câmara conta com 109 funcionários, sendo que 78 estão em cargos de comissão.

A atitude já repercutiu nos bastidores. Parlamentares não gostaram do posicionamento do verde e confessaram pelos corredores que Constantino "é o presidente do não pode". O gabinete da presidência será o único que continuará com cinco funcionários.

O primeiro secretário da Casa, Edson Savietto, o Banha (PDT), defendeu o número atual de assessores. "O que temos hoje não é excesso ou exagero. Vamos ter que nos redobrar para dar conta de toda demanda", ponderou. O pedetista ainda não sabe o que fará com os funcionários que ele terá de exonerar.

Saulo Benevides (PV) criticou a determinação judicial. "Não será viável, pois temos muitos afazeres. Vai prejudicar bastante nosso trabalho. Acho complicado esse tipo de medida, até porque o assessor ganha pouco e não gera alto custo", ressaltou. O salário varia de R$ 800 a R$ 3.000.

Para o verde, o trabalho de campo será o mais afetado. "Nossa cidade tem 105 quilômetros quadrados. Para fazer trabalho, por exemplo, no bairro de Ouro Fino, perdemos um dia todo", justificou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara de Ribeirão cortará assessores

Cynthia Tavares
Especial para o Diário

02/08/2011 | 07:06


Cada vereador de Ribeirão Pires será obrigado a exonerar dois assessores. Atualmente, os gabinetes contam com cinco funcionários. A decisão foi tomada após série de reuniões para cumprir ordem do Tribunal de Justiça de São Paulo. O órgão julgou que o número de comissionados no Legislativo estava alto e estipulou prazo até setembro para que as demissões sejam efetuadas.

O presidente da Câmara, Gerson Constantino (PV), afirmou que estuda melhor saída para que as baixas não acarretem problemas no atendimento aos munícipes. "Precisamos fazer isso. Pensar bem para não tumultuar", declarou. Atualmente, a Câmara conta com 109 funcionários, sendo que 78 estão em cargos de comissão.

A atitude já repercutiu nos bastidores. Parlamentares não gostaram do posicionamento do verde e confessaram pelos corredores que Constantino "é o presidente do não pode". O gabinete da presidência será o único que continuará com cinco funcionários.

O primeiro secretário da Casa, Edson Savietto, o Banha (PDT), defendeu o número atual de assessores. "O que temos hoje não é excesso ou exagero. Vamos ter que nos redobrar para dar conta de toda demanda", ponderou. O pedetista ainda não sabe o que fará com os funcionários que ele terá de exonerar.

Saulo Benevides (PV) criticou a determinação judicial. "Não será viável, pois temos muitos afazeres. Vai prejudicar bastante nosso trabalho. Acho complicado esse tipo de medida, até porque o assessor ganha pouco e não gera alto custo", ressaltou. O salário varia de R$ 800 a R$ 3.000.

Para o verde, o trabalho de campo será o mais afetado. "Nossa cidade tem 105 quilômetros quadrados. Para fazer trabalho, por exemplo, no bairro de Ouro Fino, perdemos um dia todo", justificou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;