Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

'Estamos com uma mão na faixa', diz Bolsonaro após visitar sede da PF no Rio

Fernando Frazão/Agencia Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após visita à sede da PF no Rio de Janeiro, candidato do PSL afirmou que se considera praticamente eleito



17/10/2018 | 12:43


A liderança de 18 pontos porcentuais sobre Fernando Haddad (PT), de acordo com a mais recente pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada na segunda-feira, 15, levou o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, a dizer que se considera praticamente eleito, em razão da dificuldade de seu oponente tirar a diferença de votos nesta reta final de campanha de segundo turno.

"Nós estamos com uma mão na faixa, é verdade. Pode até não chegar lá, mas estamos com uma mão na faixa. (Haddad) Não vai tirar 18 milhões de votos de agora até daqui a dois domingos. Não vai tirar isso", afirmou o candidato nesta quarta-feira, 17, logo após visitar a sede da Polícia Federal, no centro do Rio.

Pouco antes dessa declaração, o próprio Bolsonaro havia desconversado sobre a ampla vantagem. "Eu não estou preocupado com isso. Eu quero é ajudar o Brasil", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Estamos com uma mão na faixa', diz Bolsonaro após visitar sede da PF no Rio

Após visita à sede da PF no Rio de Janeiro, candidato do PSL afirmou que se considera praticamente eleito


17/10/2018 | 12:43


A liderança de 18 pontos porcentuais sobre Fernando Haddad (PT), de acordo com a mais recente pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada na segunda-feira, 15, levou o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, a dizer que se considera praticamente eleito, em razão da dificuldade de seu oponente tirar a diferença de votos nesta reta final de campanha de segundo turno.

"Nós estamos com uma mão na faixa, é verdade. Pode até não chegar lá, mas estamos com uma mão na faixa. (Haddad) Não vai tirar 18 milhões de votos de agora até daqui a dois domingos. Não vai tirar isso", afirmou o candidato nesta quarta-feira, 17, logo após visitar a sede da Polícia Federal, no centro do Rio.

Pouco antes dessa declaração, o próprio Bolsonaro havia desconversado sobre a ampla vantagem. "Eu não estou preocupado com isso. Eu quero é ajudar o Brasil", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;