Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Afinal, que parceria é essa?

No debate que se trava dentro do PSDB de Santo André relativo à eleição de 2012, duas são as teses apresentadas: o lançamento de...


Dgabc

20/05/2012 | 00:00


Artigo

Afinal, que parceria é essa?

No debate que se trava dentro do PSDB de Santo André relativo à eleição de 2012, duas são as teses apresentadas: o lançamento de candidatura própria que apresente novo modelo administrativo para a cidade ou o apoio ao atual prefeito, que buscará a reeleição. E dentre os argumentos apresentados por aqueles que defendem a aliança já no primeiro turno com o prefeito Aidan, o que mais se costuma dizer e ouvir é que ‘esta parceria não pode acabar'. Mas, afinal, que parceria é esta?Como é sabido, o PSDB dirige o governo estadual desde 1994, com a eleição do saudoso Mário Covas. De lá para cá, profundas foram as políticas públicas executadas e que melhoraram a vida das pessoas neste principal Estado brasileiro.

Em nossa região, é marcante a passagem desses exitosos governos. Em Santo André, por exemplo, nos beneficiamos do Hospital Mário Covas, do Rodoanel, das políticas sociais, dos investimentos da CDHU e das Etecs/Fatecs, isso para ficarmos apenas com algumas marcas administrativas. Ocorre que, desde a eleição do atual prefeito, paramos de avançar.

O Poupatempo e o Polo Tecnológico, por exclusiva inércia e ausência de projeto municipal, não puderam ser instalados em nossa cidade como foram em outras do Estado de São Paulo.

A Avenida dos Estados também poderia ter sido recuperada com verba estadual. Porém, graças a equívoco administrativo, os recursos que foram gastos pelo Semasa não mais retornarão aos cofres municipais. O AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Vila Luzita, que para atender proposta apresentada na campanha do atual prefeito teve seu nome alterado para Poupatempo da Saúde, encontra-se igualmente subutilizado. Isso porque o prédio disponibilizado pela Prefeitura não é apto para receber unidade de Saúde, o que inviabiliza a ampliação para novas especialidades.

Muito se fala em formação de frente anti-isso, frente antiaquilo etc. Nesse aspecto, quero reafirmar aqui que faço parte daqueles que são pró-Santo André e acreditam na política construtiva, sem ódio ou perseguição e pautada pelo bom debate de ideias e propostas. Assim, caros amigos, não se vislumbra qual parceria deveria ser mantida, já que o governo municipal não incorporou nossas principais bandeiras, que são a modernidade administrativa, a transparência, o combate à corrupção e o cuidado com as pessoas que mais precisam. Da nossa parte, continuaremos lutando pelo melhor para Santo André.

Paulinho Serra é vereador e líder do PSDB em Santo André.            

Palavra do Leitor

Filme antigo

A propaganda do PT na TV com Lula, Dilma e Haddad (aquele do Enem que ninguém entendeu até hoje) lembra filme antigo: Os Três Patetas. Fernando Haddad está mais perdido do que cego em tiroteio, e nem com mágica o combalido Lula vai fazer milagre de novo. O raio não cai duas vezes no mesmo lugar.

Anibal Vilari, Capital

Vigilância Sanitária

Nem sempre devemos utilizar este espaço para elogiar, mas é importante, e poucos sabem, que podemos contar com os serviços da Vigilância Sanitária em momento de dor. Na morte do meu cachorro fila brasileiro Freud, um filho e amigo da família por 15 anos, sem poder proporcionar enterro digno, utilizei esse serviço e de pronto fui muito bem atendida. Obrigada aos rapazes que me ajudaram.

Cleidimar Ferreira dos Santos, Santo André

Socorro!

Emprego caindo, inadimplência subindo, empresas empacadas sem vislumbrar futuro, governo distribuindo ‘bolsa carinhosa' contando com a arrecadação em disparada, dólar na estratosfera, Europa falindo, a presidente Dilma distribuindo bilhões de reais para a base aliada em véspera de campanha para se reeleger etc. E o povo? Continua alienado? Socorro!

Beatriz Campos, Capital

Bancos

Como já observamos, a presidente Dilma está empenhada em que os bancos abaixem os juros, assim como está sendo feito com a taxa Selic. Os bancos particulares sentiram-se forçados a seguir a CEF e o Banco do Brasil, para não perderem clientes. Só que, com a esperteza, os banqueiros, aumentando as taxas de todos os correntistas, acabam ganhando mais ainda. Acho que o Procon deveria chamar a Febraban e coibir tal prática danosa aos correntistas, porque os bancos, agindo assim, mostram que são os verdadeiros agiotas oficializados do País. Sugiro que se o seu banco agir assim, procure mudar sua conta, que é um direito de todos, mesmo sendo conta-salário. Mude para o banco que melhor lhe convém. É direito adquirido. Devemos ficar espertos, porque quem acaba perdendo sempre somos nós.

Ivanir de Lima, São Bernardo

Imposto

Concordo com a opinião do leitor José Carlos Costa (Imposto do bem, dia 15), de que o governo precisa criar estímulos à produção de veículos com rendimento superior a 20 km/h. Isso iria gerar grande economia ao País e preservação ao meio ambiente. Mundialmente, montadoras e refinarias de petróleo não têm esse interesse de introduzir no mercado veículos muito econômicos. Tecnologia para isso já existe. Ocorre que essas empresas compram a patente para deixar esquecida na gaveta. Mas será que o governo tem esse interesse?

Charles França, São Bernardo

Blindado

O prefeito de Diadema, Mário Reali, comprou carro blindado por R$ 130 mil. Carro blindado? Ele tem medo de quê? Estamos em guerra? Não temos segurança? Senhoras e senhores vereadores, que tal uma palavra e uma atitude a respeito? E você, cidadão, contribuinte e eleitor, o que acha disso?

Filipe dos Anjos, Diadema



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Afinal, que parceria é essa?

No debate que se trava dentro do PSDB de Santo André relativo à eleição de 2012, duas são as teses apresentadas: o lançamento de...

Dgabc

20/05/2012 | 00:00


Artigo

Afinal, que parceria é essa?

No debate que se trava dentro do PSDB de Santo André relativo à eleição de 2012, duas são as teses apresentadas: o lançamento de candidatura própria que apresente novo modelo administrativo para a cidade ou o apoio ao atual prefeito, que buscará a reeleição. E dentre os argumentos apresentados por aqueles que defendem a aliança já no primeiro turno com o prefeito Aidan, o que mais se costuma dizer e ouvir é que ‘esta parceria não pode acabar'. Mas, afinal, que parceria é esta?Como é sabido, o PSDB dirige o governo estadual desde 1994, com a eleição do saudoso Mário Covas. De lá para cá, profundas foram as políticas públicas executadas e que melhoraram a vida das pessoas neste principal Estado brasileiro.

Em nossa região, é marcante a passagem desses exitosos governos. Em Santo André, por exemplo, nos beneficiamos do Hospital Mário Covas, do Rodoanel, das políticas sociais, dos investimentos da CDHU e das Etecs/Fatecs, isso para ficarmos apenas com algumas marcas administrativas. Ocorre que, desde a eleição do atual prefeito, paramos de avançar.

O Poupatempo e o Polo Tecnológico, por exclusiva inércia e ausência de projeto municipal, não puderam ser instalados em nossa cidade como foram em outras do Estado de São Paulo.

A Avenida dos Estados também poderia ter sido recuperada com verba estadual. Porém, graças a equívoco administrativo, os recursos que foram gastos pelo Semasa não mais retornarão aos cofres municipais. O AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Vila Luzita, que para atender proposta apresentada na campanha do atual prefeito teve seu nome alterado para Poupatempo da Saúde, encontra-se igualmente subutilizado. Isso porque o prédio disponibilizado pela Prefeitura não é apto para receber unidade de Saúde, o que inviabiliza a ampliação para novas especialidades.

Muito se fala em formação de frente anti-isso, frente antiaquilo etc. Nesse aspecto, quero reafirmar aqui que faço parte daqueles que são pró-Santo André e acreditam na política construtiva, sem ódio ou perseguição e pautada pelo bom debate de ideias e propostas. Assim, caros amigos, não se vislumbra qual parceria deveria ser mantida, já que o governo municipal não incorporou nossas principais bandeiras, que são a modernidade administrativa, a transparência, o combate à corrupção e o cuidado com as pessoas que mais precisam. Da nossa parte, continuaremos lutando pelo melhor para Santo André.

Paulinho Serra é vereador e líder do PSDB em Santo André.            

Palavra do Leitor

Filme antigo

A propaganda do PT na TV com Lula, Dilma e Haddad (aquele do Enem que ninguém entendeu até hoje) lembra filme antigo: Os Três Patetas. Fernando Haddad está mais perdido do que cego em tiroteio, e nem com mágica o combalido Lula vai fazer milagre de novo. O raio não cai duas vezes no mesmo lugar.

Anibal Vilari, Capital

Vigilância Sanitária

Nem sempre devemos utilizar este espaço para elogiar, mas é importante, e poucos sabem, que podemos contar com os serviços da Vigilância Sanitária em momento de dor. Na morte do meu cachorro fila brasileiro Freud, um filho e amigo da família por 15 anos, sem poder proporcionar enterro digno, utilizei esse serviço e de pronto fui muito bem atendida. Obrigada aos rapazes que me ajudaram.

Cleidimar Ferreira dos Santos, Santo André

Socorro!

Emprego caindo, inadimplência subindo, empresas empacadas sem vislumbrar futuro, governo distribuindo ‘bolsa carinhosa' contando com a arrecadação em disparada, dólar na estratosfera, Europa falindo, a presidente Dilma distribuindo bilhões de reais para a base aliada em véspera de campanha para se reeleger etc. E o povo? Continua alienado? Socorro!

Beatriz Campos, Capital

Bancos

Como já observamos, a presidente Dilma está empenhada em que os bancos abaixem os juros, assim como está sendo feito com a taxa Selic. Os bancos particulares sentiram-se forçados a seguir a CEF e o Banco do Brasil, para não perderem clientes. Só que, com a esperteza, os banqueiros, aumentando as taxas de todos os correntistas, acabam ganhando mais ainda. Acho que o Procon deveria chamar a Febraban e coibir tal prática danosa aos correntistas, porque os bancos, agindo assim, mostram que são os verdadeiros agiotas oficializados do País. Sugiro que se o seu banco agir assim, procure mudar sua conta, que é um direito de todos, mesmo sendo conta-salário. Mude para o banco que melhor lhe convém. É direito adquirido. Devemos ficar espertos, porque quem acaba perdendo sempre somos nós.

Ivanir de Lima, São Bernardo

Imposto

Concordo com a opinião do leitor José Carlos Costa (Imposto do bem, dia 15), de que o governo precisa criar estímulos à produção de veículos com rendimento superior a 20 km/h. Isso iria gerar grande economia ao País e preservação ao meio ambiente. Mundialmente, montadoras e refinarias de petróleo não têm esse interesse de introduzir no mercado veículos muito econômicos. Tecnologia para isso já existe. Ocorre que essas empresas compram a patente para deixar esquecida na gaveta. Mas será que o governo tem esse interesse?

Charles França, São Bernardo

Blindado

O prefeito de Diadema, Mário Reali, comprou carro blindado por R$ 130 mil. Carro blindado? Ele tem medo de quê? Estamos em guerra? Não temos segurança? Senhoras e senhores vereadores, que tal uma palavra e uma atitude a respeito? E você, cidadão, contribuinte e eleitor, o que acha disso?

Filipe dos Anjos, Diadema

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;