Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Infiltração pode ter provocado acidente que matou aluno da USP



14/02/2006 | 00:32


Infiltrações de água, agravadas pelas fortes chuvas dos últimos dias, podem ter sido a causa do desabamento da marquise da UEL (Universidade Estadual de Londrina) na tarde de domingo. No acidente, pouco antes da abertura do 26º Congresso Brasileiro de Zoologia, morreu o estudante mineiro João César Eugênio de Boscoli Rios, 21 anos, da USP (Universidade de São Paulo), campus Ribeirão Preto, e 18 pessoas ficaram feridas.

Dez pessoas continuavam internadas nesta segunda-feira à tarde, três delas em estado grave. Os estudantes Claire Clara Borges Jezéquel e João Paulo Basso Alves, ambos matriculados na USP de Ribeirão Preto, tiveram uma das pernas amputada, mas o estado deles é considerado satisfatório.

O corpo de Rios foi transportado à tarde, em um avião do governo do Paraná, de Londrina para Araxá (MG), onde sua família reside. Ele deverá ser cremado nesta terça-feira.

Perito – O perito do Instituto de Criminalística Luís Noboru, em avaliação inicial, apontou a existência de diversos pontos de infiltração na laje do anfiteatro onde os estudantes estavam se credenciando para o congresso. A perícia deve ser concluída em 10 dias. O estudante gaúcho Leopoldo Teles Neto, confirma a impressão do perito. "Havia goteiras em nossa cabeça", diz.

A reitora da UEL, Lygia Pupatto, determinou a abertura de uma sindicância. O projeto de construção do anfiteatro, o edifício mais novo do campus, concluído em 1999, está sendo examinado por uma comissão de especialistas.

O trabalho será acompanhado pela seção local do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e pelo governo do Estado. "Não havia indícios aparentes de qualquer problema estrutural no prédio", garantiu a reitora. Segundo ela, há inspeções regulares nas instalações do campus.

Congresso – Cerca de 3.300 estudantes se inscreveram para o Congresso de Zoologia, mas após o acidente muitos desistiram de participar. Mesmo assim estão mantidas as atividades didáticas e científicas do congresso, do qual participam dezenas de especialistas estrangeiros. O encerramento está previsto para sexta-feira.

Permaneciam hospitalizados nesta segunda: Alberto Henrique de Carvalho (Curitiba), Carla Poleseli Bruneira (Ribeirão Preto), Claire Clara Borges Jézequel (Ribeirão Preto), Amanda Lucas Gimeno (Ribeirão Preto), Carolina Rettondini Laurini (Araraquara), Edson Santana da Silva (funcionário da UEL), João Paulo Basso Alves (Bandeiras do Sul), Leandro de Oliveira Drummont (Belo Horizonte), Nicole Veiga Sydnei (Curitiba) e Manoela Walkowiski Cardoso (Curitiba).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Infiltração pode ter provocado acidente que matou aluno da USP


14/02/2006 | 00:32


Infiltrações de água, agravadas pelas fortes chuvas dos últimos dias, podem ter sido a causa do desabamento da marquise da UEL (Universidade Estadual de Londrina) na tarde de domingo. No acidente, pouco antes da abertura do 26º Congresso Brasileiro de Zoologia, morreu o estudante mineiro João César Eugênio de Boscoli Rios, 21 anos, da USP (Universidade de São Paulo), campus Ribeirão Preto, e 18 pessoas ficaram feridas.

Dez pessoas continuavam internadas nesta segunda-feira à tarde, três delas em estado grave. Os estudantes Claire Clara Borges Jezéquel e João Paulo Basso Alves, ambos matriculados na USP de Ribeirão Preto, tiveram uma das pernas amputada, mas o estado deles é considerado satisfatório.

O corpo de Rios foi transportado à tarde, em um avião do governo do Paraná, de Londrina para Araxá (MG), onde sua família reside. Ele deverá ser cremado nesta terça-feira.

Perito – O perito do Instituto de Criminalística Luís Noboru, em avaliação inicial, apontou a existência de diversos pontos de infiltração na laje do anfiteatro onde os estudantes estavam se credenciando para o congresso. A perícia deve ser concluída em 10 dias. O estudante gaúcho Leopoldo Teles Neto, confirma a impressão do perito. "Havia goteiras em nossa cabeça", diz.

A reitora da UEL, Lygia Pupatto, determinou a abertura de uma sindicância. O projeto de construção do anfiteatro, o edifício mais novo do campus, concluído em 1999, está sendo examinado por uma comissão de especialistas.

O trabalho será acompanhado pela seção local do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e pelo governo do Estado. "Não havia indícios aparentes de qualquer problema estrutural no prédio", garantiu a reitora. Segundo ela, há inspeções regulares nas instalações do campus.

Congresso – Cerca de 3.300 estudantes se inscreveram para o Congresso de Zoologia, mas após o acidente muitos desistiram de participar. Mesmo assim estão mantidas as atividades didáticas e científicas do congresso, do qual participam dezenas de especialistas estrangeiros. O encerramento está previsto para sexta-feira.

Permaneciam hospitalizados nesta segunda: Alberto Henrique de Carvalho (Curitiba), Carla Poleseli Bruneira (Ribeirão Preto), Claire Clara Borges Jézequel (Ribeirão Preto), Amanda Lucas Gimeno (Ribeirão Preto), Carolina Rettondini Laurini (Araraquara), Edson Santana da Silva (funcionário da UEL), João Paulo Basso Alves (Bandeiras do Sul), Leandro de Oliveira Drummont (Belo Horizonte), Nicole Veiga Sydnei (Curitiba) e Manoela Walkowiski Cardoso (Curitiba).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;