Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil desafia indigesto México por vaga nas quartas de final

Pedro Martins / MoWA Press Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Tite confirma Fagner e Filipe Luís nas laterais contra adversário que deve apostar nos contra-ataques


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

02/07/2018 | 07:00


Vacinado após ver três campeões mundiais irem embora mais cedo da Rússia – Alemanha, Argentina e Espanha – o Brasil entra em campo às 11h, em Samara, para confirmar o favoritismo contra o México, pelas oitavas de final. Apesar de ter time tecnicamente melhor, as exibições dos mexicanos, sobretudo contra os alemães na primeira fase, projetam duelo indigesto para o grupo de Tite.

Sob o comando de Osório, ex-treinador do São Paulo, o México é uma seleção armada para contra-atacar. Conta com a qualidade técnica de Layún e Chicharito Hernández, além da velocidade do jovem Lozano e do experiente Vela. Certamente será usando este expediente que o representante da América do Norte tentará surpreender outra vez os brasileiros.

Por mais que em Copas do Mundo o retrospecto seja amplamente favorável ao Brasil, com três vitórias e um empate – nenhum gol sofrido –, o histórico recente mostra que os mexicanos são pedra no sapato. Nas últimas nove partidas são seis vitórias do México, duas do Brasil e um empate por 0 a 0 na primeira fase da Copa de 2014.

Tite sabe de tudo isso e trata o duelo com extremo cuidado. Até por isso preferiu não correr riscos e vai manter Filipe Luís na lateral esquerda, com Marcelo, se recuperando de espasmo na coluna, na reserva. “Falei com o Marcelo. Em situação normal, ele jogaria. O que não pode é o técnico colocar atleta em situação de insegurança em jogo decisivo como esse. Ele quer participar, isso mostra sua responsabilidade, seu comprometimento, mas me foi colocado que ele teria 45 ou 60 minutos de tempo de segurança. Não posso arriscar em jogo decisivo”, explicou.

Outra decisão tomada pelo treinador foi a manutenção de Fagner na lateral direita. Antigo titular, Danilo, recuperado de dores no quadril, fica como opção. “(Fagner) Jogou muito. Ele sabe e nós sabemos o preço que ele pagou para retomar esse nível. Ele retomou seu nível máximo, com técnica, função tática, baixou para ajudar marcação, transição com bolas, precisão de finalização e finta pessoal”, justificou Tite.
Nas demais posições não há dúvidas. O treinador vai usar o que tem de melhor e espera que seja suficiente para chutar para bem longe essa pedra que incomoda no sapato.

Casemiro rechaça favoritismo e diz que camisa não ganha jogo

Casemiro rechaçou a condição de favorito do Brasil hoje contra o México. Para o volante do Real Madrid, o jogo deve ser equilibrado como é de se esperar para uma fase de oitavas de final da Copa do Mundo.

“Favoritismo quem coloca é a imprensa. Nós, jogadores, sabemos que a camisa não ganha jogo e favoritismo não ganha nada. Tivemos o exemplo da Alemanha. Todos os jogadores aqui são de grande nível. Estamos acostumados com pressão, mas sempre com respeito e humildade. Sabemos que temos uma grande equipe, mas precisamos sempre mostrar isto dentro de campo”, avaliou.

Casemiro é um dos três jogadores da Seleção Brasileira pendurados com cartão amarelo, ao lado de Neymar e Philippe Coutinho.

Capitão mais uma vez, Thiago Silva torce por grande dia de Neymar

Tite abortou, pelo menos momentaneamente, o rodízio de capitão na Seleção Brasileira. Ontem, o treinador confirmou que vai manter hoje, contra o México, a tarja no braço de Thiago Silva, zagueiro que marcou o segundo gol na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia.

Uma das razões é pela experiência de Thiago Silva, 33 anos, que chamou atenção para a qualidade da equipe mexicana. “São jogadores extremamente inteligentes, sabem ocupar os espaços como ninguém. O Chicharito conheço um pouco melhor, nos enfrentamos algumas vezes, sei da qualidade que esse menino tem. É preciso todo cuidado com esse trio de ataque (que conta com Lozano e Vela também), mas não só com eles. Quem faz a bola chegar com qualidade também”, avaliou.

Companheiro de Neymar no PSG, Thiago Silva diz que espera que o craque possa decidir a favor do Brasil, assim como Cavani e Mbappé fizeram por Uruguai e França, respectivamente. “Por incrível que pareça, ontem (sábado), quando acabaram os dois jogos, fiquei com esse mesmo pensamento na cabeça. Que no nosso jogo será o Neymar. Os dois foram fundamentais nas vitórias das suas seleções. Mesmo o Di María sendo eliminado fez um grande jogo. O Paris Saint-Germain está muito bem representado, mas a Seleção Brasileira está equilibrada. Tem o momento certo dos atacantes aparecerem. A gente espera que amanhã (hoje) seja um grande dia, que o Neymar esteja inspirado como os outros”, comentou Thiago Silva.

Bares, restaurantes e shopping são boas opções para assistir ao jogo da Seleção
Os torcedores que não quiserem assistir ao jogo do Brasil contra o México, hoje, às 11h, em casa, terão várias opções em bares e restaurantes da região. O Enio’s Bar, o Café da Vila e o Quintal do Caetano, todos em Santo André, estão entre os locais que vão transmitir o confronto. Em São Bernardo, a Padaria Kennedy e o Liverpool também estarão funcionando, assim como o Senhor Boteco, em São Caetano.

Os bares mexicanos do Grande ABC também prometem funcionar no horário da partida, casos do El Botin e do Sí Señor, ambos localizados no bairro Jardim, em Santo André.

Outra opção interessante e diferente para acompanhar o jogo decisivo e válido pelas oitavas de final da Copa é no telão instalado na praça de alimentação do Golden Square Shopping, em São Bernardo. O empreendimento vai funcionar normalmente e alguns restaurantes terão promoções durante o duelo.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil desafia indigesto México por vaga nas quartas de final

Tite confirma Fagner e Filipe Luís nas laterais contra adversário que deve apostar nos contra-ataques

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

02/07/2018 | 07:00


Vacinado após ver três campeões mundiais irem embora mais cedo da Rússia – Alemanha, Argentina e Espanha – o Brasil entra em campo às 11h, em Samara, para confirmar o favoritismo contra o México, pelas oitavas de final. Apesar de ter time tecnicamente melhor, as exibições dos mexicanos, sobretudo contra os alemães na primeira fase, projetam duelo indigesto para o grupo de Tite.

Sob o comando de Osório, ex-treinador do São Paulo, o México é uma seleção armada para contra-atacar. Conta com a qualidade técnica de Layún e Chicharito Hernández, além da velocidade do jovem Lozano e do experiente Vela. Certamente será usando este expediente que o representante da América do Norte tentará surpreender outra vez os brasileiros.

Por mais que em Copas do Mundo o retrospecto seja amplamente favorável ao Brasil, com três vitórias e um empate – nenhum gol sofrido –, o histórico recente mostra que os mexicanos são pedra no sapato. Nas últimas nove partidas são seis vitórias do México, duas do Brasil e um empate por 0 a 0 na primeira fase da Copa de 2014.

Tite sabe de tudo isso e trata o duelo com extremo cuidado. Até por isso preferiu não correr riscos e vai manter Filipe Luís na lateral esquerda, com Marcelo, se recuperando de espasmo na coluna, na reserva. “Falei com o Marcelo. Em situação normal, ele jogaria. O que não pode é o técnico colocar atleta em situação de insegurança em jogo decisivo como esse. Ele quer participar, isso mostra sua responsabilidade, seu comprometimento, mas me foi colocado que ele teria 45 ou 60 minutos de tempo de segurança. Não posso arriscar em jogo decisivo”, explicou.

Outra decisão tomada pelo treinador foi a manutenção de Fagner na lateral direita. Antigo titular, Danilo, recuperado de dores no quadril, fica como opção. “(Fagner) Jogou muito. Ele sabe e nós sabemos o preço que ele pagou para retomar esse nível. Ele retomou seu nível máximo, com técnica, função tática, baixou para ajudar marcação, transição com bolas, precisão de finalização e finta pessoal”, justificou Tite.
Nas demais posições não há dúvidas. O treinador vai usar o que tem de melhor e espera que seja suficiente para chutar para bem longe essa pedra que incomoda no sapato.

Casemiro rechaça favoritismo e diz que camisa não ganha jogo

Casemiro rechaçou a condição de favorito do Brasil hoje contra o México. Para o volante do Real Madrid, o jogo deve ser equilibrado como é de se esperar para uma fase de oitavas de final da Copa do Mundo.

“Favoritismo quem coloca é a imprensa. Nós, jogadores, sabemos que a camisa não ganha jogo e favoritismo não ganha nada. Tivemos o exemplo da Alemanha. Todos os jogadores aqui são de grande nível. Estamos acostumados com pressão, mas sempre com respeito e humildade. Sabemos que temos uma grande equipe, mas precisamos sempre mostrar isto dentro de campo”, avaliou.

Casemiro é um dos três jogadores da Seleção Brasileira pendurados com cartão amarelo, ao lado de Neymar e Philippe Coutinho.

Capitão mais uma vez, Thiago Silva torce por grande dia de Neymar

Tite abortou, pelo menos momentaneamente, o rodízio de capitão na Seleção Brasileira. Ontem, o treinador confirmou que vai manter hoje, contra o México, a tarja no braço de Thiago Silva, zagueiro que marcou o segundo gol na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia.

Uma das razões é pela experiência de Thiago Silva, 33 anos, que chamou atenção para a qualidade da equipe mexicana. “São jogadores extremamente inteligentes, sabem ocupar os espaços como ninguém. O Chicharito conheço um pouco melhor, nos enfrentamos algumas vezes, sei da qualidade que esse menino tem. É preciso todo cuidado com esse trio de ataque (que conta com Lozano e Vela também), mas não só com eles. Quem faz a bola chegar com qualidade também”, avaliou.

Companheiro de Neymar no PSG, Thiago Silva diz que espera que o craque possa decidir a favor do Brasil, assim como Cavani e Mbappé fizeram por Uruguai e França, respectivamente. “Por incrível que pareça, ontem (sábado), quando acabaram os dois jogos, fiquei com esse mesmo pensamento na cabeça. Que no nosso jogo será o Neymar. Os dois foram fundamentais nas vitórias das suas seleções. Mesmo o Di María sendo eliminado fez um grande jogo. O Paris Saint-Germain está muito bem representado, mas a Seleção Brasileira está equilibrada. Tem o momento certo dos atacantes aparecerem. A gente espera que amanhã (hoje) seja um grande dia, que o Neymar esteja inspirado como os outros”, comentou Thiago Silva.

Bares, restaurantes e shopping são boas opções para assistir ao jogo da Seleção
Os torcedores que não quiserem assistir ao jogo do Brasil contra o México, hoje, às 11h, em casa, terão várias opções em bares e restaurantes da região. O Enio’s Bar, o Café da Vila e o Quintal do Caetano, todos em Santo André, estão entre os locais que vão transmitir o confronto. Em São Bernardo, a Padaria Kennedy e o Liverpool também estarão funcionando, assim como o Senhor Boteco, em São Caetano.

Os bares mexicanos do Grande ABC também prometem funcionar no horário da partida, casos do El Botin e do Sí Señor, ambos localizados no bairro Jardim, em Santo André.

Outra opção interessante e diferente para acompanhar o jogo decisivo e válido pelas oitavas de final da Copa é no telão instalado na praça de alimentação do Golden Square Shopping, em São Bernardo. O empreendimento vai funcionar normalmente e alguns restaurantes terão promoções durante o duelo.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;