Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ibovespa sobe 1,76% com recuperação de ações da Petrobras

Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


04/06/2018 | 17:58


As ações da Petrobras recuperaram parte das perdas da última sexta-feira e deram fôlego extra ao Índice Bovespa, que teve hoje sua quarta alta consecutiva - e a mais consistente delas. Com o noticiário doméstico escasso e o cenário internacional favorável, o índice já abriu em alta e terminou o pregão aos 78.596,06 pontos, com ganho de 1,76%.

Depois das quedas de quase 15% registradas na última sexta-feira, após o pedido de demissão de Pedro Parente, as ações da Petrobras subiram 5,83% (ON) e 8,48% (PN) hoje. A alta foi atribuída essencialmente a um ajuste após as expressivas quedas recentes, registradas desde o início da greve dos caminhoneiros até a saída de Parente. Isso porque as dúvidas quanto ao futuro da política de preços da petroleira continuam na mesa.

Entre os temores dos investidores está a possibilidade de o governo abandonar a paridade internacional na sua política de preços, além de uma série de dúvidas sobre como será concretizado o acordo em torno do diesel e quais serão seus impactos na política fiscal do País. A nomeação do diretor financeiro Ivan Monteiro como novo presidente da empresa foi recebida sem sobressaltos.

"Creio que o mercado de certa forma deu o benefício da dúvida à Petrobras hoje, levando em conta que os movimentos dos últimos dias foi muito exagerado. A expectativa é de que o governo consiga encontrar um bom termo para a questão dos combustíveis, de forma a suavizar preços sem mudar a política da empresa", disse Shin Lai, estrategista da Upside Investor.

Mas o dia foi de recuperação bastante pulverizada na Bolsa, tendo bancos, elétricas e siderúrgicas entre os destaques de alta. Na sexta-feira, aliás, foi o bom desempenho de outras blue chips que garantiu uma alta de 0,63% ao Ibovespa, apesar dos tombos das ações da Petrobras. Entre as ações que compõem o índice, a maior alta de hoje ficou com CSN ON, que disparou 14,93% após ter sua recomendação alterada de "neutra" para "acima da média" pelo Credit Suisse.

"Para que o Ibovespa volte a subir de maneira consistente, é necessário que os investidores estrangeiros voltem à Bolsa. E não se vê, por enquanto, fator que atraia de volta tudo o que já saiu este ano", disse um operador.

Somente na última quarta-feira, 30, dois dias antes do pedido de demissão de Pedro Parente, os investidores estrangeiros retiraram R$ 1,010 bilhão da B3. Naquele dia, o Ibovespa fechou em alta de 0,90%. Com esse resultado, o saldo acumulado de todo o mês de maio ficou negativo em R$ 8,433 bilhões. No ano, a saída é de R$ 4,012 bilhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ibovespa sobe 1,76% com recuperação de ações da Petrobras


04/06/2018 | 17:58


As ações da Petrobras recuperaram parte das perdas da última sexta-feira e deram fôlego extra ao Índice Bovespa, que teve hoje sua quarta alta consecutiva - e a mais consistente delas. Com o noticiário doméstico escasso e o cenário internacional favorável, o índice já abriu em alta e terminou o pregão aos 78.596,06 pontos, com ganho de 1,76%.

Depois das quedas de quase 15% registradas na última sexta-feira, após o pedido de demissão de Pedro Parente, as ações da Petrobras subiram 5,83% (ON) e 8,48% (PN) hoje. A alta foi atribuída essencialmente a um ajuste após as expressivas quedas recentes, registradas desde o início da greve dos caminhoneiros até a saída de Parente. Isso porque as dúvidas quanto ao futuro da política de preços da petroleira continuam na mesa.

Entre os temores dos investidores está a possibilidade de o governo abandonar a paridade internacional na sua política de preços, além de uma série de dúvidas sobre como será concretizado o acordo em torno do diesel e quais serão seus impactos na política fiscal do País. A nomeação do diretor financeiro Ivan Monteiro como novo presidente da empresa foi recebida sem sobressaltos.

"Creio que o mercado de certa forma deu o benefício da dúvida à Petrobras hoje, levando em conta que os movimentos dos últimos dias foi muito exagerado. A expectativa é de que o governo consiga encontrar um bom termo para a questão dos combustíveis, de forma a suavizar preços sem mudar a política da empresa", disse Shin Lai, estrategista da Upside Investor.

Mas o dia foi de recuperação bastante pulverizada na Bolsa, tendo bancos, elétricas e siderúrgicas entre os destaques de alta. Na sexta-feira, aliás, foi o bom desempenho de outras blue chips que garantiu uma alta de 0,63% ao Ibovespa, apesar dos tombos das ações da Petrobras. Entre as ações que compõem o índice, a maior alta de hoje ficou com CSN ON, que disparou 14,93% após ter sua recomendação alterada de "neutra" para "acima da média" pelo Credit Suisse.

"Para que o Ibovespa volte a subir de maneira consistente, é necessário que os investidores estrangeiros voltem à Bolsa. E não se vê, por enquanto, fator que atraia de volta tudo o que já saiu este ano", disse um operador.

Somente na última quarta-feira, 30, dois dias antes do pedido de demissão de Pedro Parente, os investidores estrangeiros retiraram R$ 1,010 bilhão da B3. Naquele dia, o Ibovespa fechou em alta de 0,90%. Com esse resultado, o saldo acumulado de todo o mês de maio ficou negativo em R$ 8,433 bilhões. No ano, a saída é de R$ 4,012 bilhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;