Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vampeta diz que time brasileiro será campeao


Do Diário do Grande ABC

31/05/2000 | 00:43


Vampeta salvou o Corinthians de sair humilhado do clássico em que poderia ter massacrado o Palmeiras. Marcou o gol da vitória e saiu do Morumbi afirmando que o time brasileiro que se classificar para a final será o campeao da Libertadores 2000. "Corinthians e Palmeiras mostraram a força do nosso futebol. Um dos dois tem tudo para ficar com o título".

Quando o volante deu essa declaraçao, ainda estava sob a emoçao de um inusitado clássico entre os dois maiores rivais do futebol paulista. A sua epopéia: O tempo estava esgotado e o clássico empatado em 3 a 3. Nao havia tempo para raciocinar. Vampeta sabia muito bem que nos descontos concedidos pelo árbitro Edílson Pereira de Carvalho, valia a pena todos os riscos. Aos 46, ele avançou e percebeu que poderia dar o golpe de misericórdia. O chute saiu sem força, a bola desviou em Roque Júnior e iludiu Marcos. Era o gol da vitória apertada.

Restavam apenas dois minutos para o encerramento do clássico. Quando o árbitro encerrou o jogo, Vampeta nao acreditou no que havia acontecido: "Acabou? Mas que jogao. Foi um clássico maravilhoso. Estamos em vantagem, só que isso nao quer dizer muita coisa. O Palmeiras mostrou que é forte".

Vampeta caminhou até os vestiários ainda sem convicçao da vitória. Quando um repórter o alertou para a vantagem que o Corinthians terá na próxima partida, o volante, enfim, percebeu que seu time havia vencido. "Vencemos, tudo bem. A vantagem é nossa, mas isso nao quer dizer nada. Contra o Sao Paulo, a gente jogava por dois empates no Campeonato Paulista. Perdemos o primeiro jogo e adeus vantagem. Num clássico com o Palmeiras nunca vai ter um favorito."

A única certeza que o jogador tem é de que quem triunfar na próxima terça-feira encomendará a faixa de campeao das Américas. A sua projeçao tem como base o que aconteceu no Morumbi. "Todo mundo viu como os dois times lutaram. Dos dois, aquele que ficar na competiçao será o campeao. As duas equipes mostraram a força do futebol brasileiro. Um clássico como este, que acabamos de disputar, nao é comum em outro lugar."

O jogador se apresenta nesta quarta-feira ao técnico Wanderley Luxemburgo, em Teresópolis, onde a Seleçao Brasileira se prepara para enfrentar o Peru, domingo, em Lima. É desfalque certo para o segundo confronto com o Sao Paulo no Campeonato Paulista. Contra o Palmeiras, na próxima terça-feira, valendo vaga na final da Libertadores, Vampeta retorna ao Corinthians. "Tenho certeza que será outro jogao, a torcida é que vai sair ganhando."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vampeta diz que time brasileiro será campeao

Do Diário do Grande ABC

31/05/2000 | 00:43


Vampeta salvou o Corinthians de sair humilhado do clássico em que poderia ter massacrado o Palmeiras. Marcou o gol da vitória e saiu do Morumbi afirmando que o time brasileiro que se classificar para a final será o campeao da Libertadores 2000. "Corinthians e Palmeiras mostraram a força do nosso futebol. Um dos dois tem tudo para ficar com o título".

Quando o volante deu essa declaraçao, ainda estava sob a emoçao de um inusitado clássico entre os dois maiores rivais do futebol paulista. A sua epopéia: O tempo estava esgotado e o clássico empatado em 3 a 3. Nao havia tempo para raciocinar. Vampeta sabia muito bem que nos descontos concedidos pelo árbitro Edílson Pereira de Carvalho, valia a pena todos os riscos. Aos 46, ele avançou e percebeu que poderia dar o golpe de misericórdia. O chute saiu sem força, a bola desviou em Roque Júnior e iludiu Marcos. Era o gol da vitória apertada.

Restavam apenas dois minutos para o encerramento do clássico. Quando o árbitro encerrou o jogo, Vampeta nao acreditou no que havia acontecido: "Acabou? Mas que jogao. Foi um clássico maravilhoso. Estamos em vantagem, só que isso nao quer dizer muita coisa. O Palmeiras mostrou que é forte".

Vampeta caminhou até os vestiários ainda sem convicçao da vitória. Quando um repórter o alertou para a vantagem que o Corinthians terá na próxima partida, o volante, enfim, percebeu que seu time havia vencido. "Vencemos, tudo bem. A vantagem é nossa, mas isso nao quer dizer nada. Contra o Sao Paulo, a gente jogava por dois empates no Campeonato Paulista. Perdemos o primeiro jogo e adeus vantagem. Num clássico com o Palmeiras nunca vai ter um favorito."

A única certeza que o jogador tem é de que quem triunfar na próxima terça-feira encomendará a faixa de campeao das Américas. A sua projeçao tem como base o que aconteceu no Morumbi. "Todo mundo viu como os dois times lutaram. Dos dois, aquele que ficar na competiçao será o campeao. As duas equipes mostraram a força do futebol brasileiro. Um clássico como este, que acabamos de disputar, nao é comum em outro lugar."

O jogador se apresenta nesta quarta-feira ao técnico Wanderley Luxemburgo, em Teresópolis, onde a Seleçao Brasileira se prepara para enfrentar o Peru, domingo, em Lima. É desfalque certo para o segundo confronto com o Sao Paulo no Campeonato Paulista. Contra o Palmeiras, na próxima terça-feira, valendo vaga na final da Libertadores, Vampeta retorna ao Corinthians. "Tenho certeza que será outro jogao, a torcida é que vai sair ganhando."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;