Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia Civil desmancha fabricação caseira de balões

No local foram encontrados 12 artefatos de pequeno a grande portes com explosivos


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

27/05/2017 | 07:00


A Polícia Civil encontrou ontem uma fábrica clandestina de balões no Jardim Paranavaí, em Mauá. Segundo a corporação, na residência que abrigava a produção foram apreendidos ao menos 12 artefatos de pequeno a grande porte, além de explosivos e armações.

Proprietário da residência, Bruno Aparecido Dias Anibal, 32 anos, assumiu a responsabilidade pela produção dos balões. Ele foi encaminhado para o 1º DP (Centro) de Mauá, onde foi indiciado pelo crime ambiental.

De acordo com a investigação, Anibal, além de produzir os artefatos, também praticava a captura de balões que caíam em bairros do município, incluindo a região próxima ao Polo Petroquímico de Mauá.

“Além de ser um crime ambiental, a ação dele colocava em risco todos os que estavam ao redor da residência, em virtude dos explosivos”, destacou o delegado titular do 1º DP, José Carlos de Melo.

Ainda foram encontrados na residência R$ 400 em cédulas falsas. Segundo a Polícia Civil será aberta investigação para apurar possível esquema de falsificação encabeçado por Anibal, tendo em vista que o suspeito possui passagem na Polícia Federal pelo crime.

Em novembro passado, a Polícia Civil fechou, em Santo André, outra fábrica irregular de balões e comércio de fogos de artifício na Vila Guaraciaba. À época foram apreendidos 67.813 explosivos, 928 acessórios para balões e 63 artefatos prontos.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia Civil desmancha fabricação caseira de balões

No local foram encontrados 12 artefatos de pequeno a grande portes com explosivos

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

27/05/2017 | 07:00


A Polícia Civil encontrou ontem uma fábrica clandestina de balões no Jardim Paranavaí, em Mauá. Segundo a corporação, na residência que abrigava a produção foram apreendidos ao menos 12 artefatos de pequeno a grande porte, além de explosivos e armações.

Proprietário da residência, Bruno Aparecido Dias Anibal, 32 anos, assumiu a responsabilidade pela produção dos balões. Ele foi encaminhado para o 1º DP (Centro) de Mauá, onde foi indiciado pelo crime ambiental.

De acordo com a investigação, Anibal, além de produzir os artefatos, também praticava a captura de balões que caíam em bairros do município, incluindo a região próxima ao Polo Petroquímico de Mauá.

“Além de ser um crime ambiental, a ação dele colocava em risco todos os que estavam ao redor da residência, em virtude dos explosivos”, destacou o delegado titular do 1º DP, José Carlos de Melo.

Ainda foram encontrados na residência R$ 400 em cédulas falsas. Segundo a Polícia Civil será aberta investigação para apurar possível esquema de falsificação encabeçado por Anibal, tendo em vista que o suspeito possui passagem na Polícia Federal pelo crime.

Em novembro passado, a Polícia Civil fechou, em Santo André, outra fábrica irregular de balões e comércio de fogos de artifício na Vila Guaraciaba. À época foram apreendidos 67.813 explosivos, 928 acessórios para balões e 63 artefatos prontos.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;