Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Secretário de Transportes pede demissão

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Delson José Amador vai assumir função de Fernando da Costa


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

27/05/2017 | 07:00


Secretário de Transportes e Vias Públicas do governo do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), o engenheiro Fernando da Costa  pediu demissão do cargo alegando motivos pessoais. Seu substituto foi anunciado ontem mesmo: Delson José Amador.

Amador foi superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) na gestão do ex-governador José Serra (PSDB), hoje senador. Formado em Engenharia Elétrica na Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo), em 1974, ele estava como assessor de projetos estratégicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

“Venho estudando muito a cidade e sei dos desafios de colocar estas obras para frente e concluí-las. Tenho experiência e já consegui superar inúmeros desafios. Tenho certeza que em São Bernardo não será diferente. É uma cidade ampla e com sua característica. Vou trabalhar, de imediato, pelos diagnósticos das obras que foram deixadas, assim como a Mobilidade Urbana para apresentar as primeiras intervenções ao prefeito”, disse Amador, por nota. Ele toma posse do cargo na segunda-feira.

O chefe do Executivo elogiou o antecessor e já pediu trabalho ao novo titular do setor. “Temos conseguido avançar em muitos pontos, mesmo diante de uma dificuldade imensa que nos foi deixado. Meu agradecimento à contribuição dada pelo Fernando e agora vamos em frente pela continuidade do trabalho necessário pela cidade”, comentou Morando.

Delson José Amador chegou a ter nome citado durante investigação da Máfia do Asfalto, conduzida pela PF (Polícia Federal) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de diversas regiões do Esatado, para apurar desvios de recursos na contratação de empresas de recapeamento de estradas. PF e Gaeco não imputaram a Amador nenhum crime no episódio, sendo que seu nome foi captado em conversas de terceiros.

O novo secretário lidará com Pasta cujo Orçamento está estimado em R$ 766,5 milhões, volume de recursos inferior apenas às secretarias de Educação, gerida por Suzana Dechechi, e de Saúde, comandada por Geraldo Reple Sobrinho.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Secretário de Transportes pede demissão

Delson José Amador vai assumir função de Fernando da Costa

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

27/05/2017 | 07:00


Secretário de Transportes e Vias Públicas do governo do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), o engenheiro Fernando da Costa  pediu demissão do cargo alegando motivos pessoais. Seu substituto foi anunciado ontem mesmo: Delson José Amador.

Amador foi superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) na gestão do ex-governador José Serra (PSDB), hoje senador. Formado em Engenharia Elétrica na Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo), em 1974, ele estava como assessor de projetos estratégicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

“Venho estudando muito a cidade e sei dos desafios de colocar estas obras para frente e concluí-las. Tenho experiência e já consegui superar inúmeros desafios. Tenho certeza que em São Bernardo não será diferente. É uma cidade ampla e com sua característica. Vou trabalhar, de imediato, pelos diagnósticos das obras que foram deixadas, assim como a Mobilidade Urbana para apresentar as primeiras intervenções ao prefeito”, disse Amador, por nota. Ele toma posse do cargo na segunda-feira.

O chefe do Executivo elogiou o antecessor e já pediu trabalho ao novo titular do setor. “Temos conseguido avançar em muitos pontos, mesmo diante de uma dificuldade imensa que nos foi deixado. Meu agradecimento à contribuição dada pelo Fernando e agora vamos em frente pela continuidade do trabalho necessário pela cidade”, comentou Morando.

Delson José Amador chegou a ter nome citado durante investigação da Máfia do Asfalto, conduzida pela PF (Polícia Federal) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de diversas regiões do Esatado, para apurar desvios de recursos na contratação de empresas de recapeamento de estradas. PF e Gaeco não imputaram a Amador nenhum crime no episódio, sendo que seu nome foi captado em conversas de terceiros.

O novo secretário lidará com Pasta cujo Orçamento está estimado em R$ 766,5 milhões, volume de recursos inferior apenas às secretarias de Educação, gerida por Suzana Dechechi, e de Saúde, comandada por Geraldo Reple Sobrinho.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;