Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André assimila derrota de Araçatuba


Divanei Guazzelli
Do Diário do Grande ABC

20/02/2001 | 00:23


O Santo André resolveu encarar com naturalidade a derrota por 2 a 0 para o Araçatuba, domingo à tarde, em Araçatuba, pela Série A-2 do Campeonato Paulista. A postura foi bem diferente do que ocorreu há duas semanas, no outro resultado negativo do time – 1 a 0 para o América, em São José do Rio Preto. Na ocasião, o técnico Vágner Benazzi não procurou minimizar as falhas da equipe. Nesta segunda-feira à tarde, no entanto, enquanto seguia para o Parque São Jorge, onde os reservas fizeram jogo-treino com os reservas do Corinthians, Benazzi só fez reparos aos 20 minutos iniciais. Na véspera, o treinador havia falado em falta de "velocidade e pegada", além de reparos na marcação.

"Tivemos 20 minutos de apatia, suficientes para que o Araçatuba definisse a partida. Mas houve melhora no segundo tempo. Mas, por outro lado, é preciso compreender que vínhamos de um ritmo muito forte na partida contra o Etti, o que refletiu em Araçatuba. E também estamos no começo de um trabalho, ainda há situações que precisam ser acertadas. Por isso, considero que só mesmo após a sétima rodada (dia 7 de março), vai ser possível fazer uma avaliação melhor do que está sendo o campeonato", afirmou.

O técnico entende que o aproveitamento do Santo André está num favorável, com 60% dos pontos conquistados até agora, dos quais três fora de casa (contra o Etti). Em casa, o time da região venceu São José e Comercial. "Só o América está com aproveitamento acima da média (13 em 15 pontos possíveis, cerca de 85%). Mas com as dificuldades do campeonato, vai ser muito difícil que eles (América) mantenham o índice", avaliou.

O vice-presidente de futebol, Celso Luiz de Almeida, tem o mesmo raciocínio de Benazzi depois das cinco primeiras rodadas do campeonato, equivalentes a 1/3 do turno. "Entendo que o aproveitamento de 60% é bom, apesar de duas derrotas, mas que foram no campo adversário. Em compensação, ganhamos um jogo difícil fora de casa, contra o Etti, e temos aproveitamento total em nosso estádio. Não há motivo para desespero", afirmou o dirigente.

Carnaval – A comissão técnica define nesta terça o programa de treinos até sexta-feira e a duração da folga de Carnaval, pois o Santo André volta a jogar somente no dia 4 de março, contra o Juventus, no estádio Bruno José Daniel. A tendência é que os jogadores escalados com maior freqüência folguem durante todo o feriado. Outros teriam uma atividade escalonada.

"Pode ser que alguns jogadores voltem somente na quarta-feira (dia 28) à tarde. Vamos treinar forte durante toda esta semana e, por essa razão, é possível que a gente faça um esquema de folga", disse Benazzi.

O meia Sandoval, a mais recente contratação do clube, encerrou nesta segunda-feira o período de treinamentos físicos e, a partir desta terça, iniciará a programação com bola. Ele pode mesmo estrear contra o Juventus ainda mais que Edson Pezinho, expulso em Araçatuba, deve cumprir suspensão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;