Fechar
Publicidade

Sábado, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Paço de S.Caetano paga uma das duas parcelas em atraso do abono


Junior Carvalho

16/02/2017 | 07:00


O governo do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), quitou uma das duas parcelas do abono aos servidores da Educação, em atraso desde a gestão do ex-prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). Foram depositados, no dia 7, R$ 2,5 milhões.

A administração informou que “existe a intenção” de quitar a última das dez parcelas do benefício em março, mas frisou que não tem data prevista para o pagamento do benefício.

O imbróglio começou ainda na gestão Pinheiro. Às vésperas do fim do mandato do peemedebista, educadores protestaram pelo não pagamento do abono. As manifestações, inclusive, chegaram à porta da casa do então prefeito. Quando a manifestação foi ao Palácio da Cerâmica, o governo Pinheiro prometeu aos educadores depositar os benefícios antes da virada do ano, no dia 28, o que não ocorreu.

O impasse continuou mesmo após Auricchio reassumir a Prefeitura. Ao Diário, a gestão tucana acusou o governo Pinheiro de não empenhar os pagamentos do abono – o benefício varia entre R$ 750 e R$ 1.000, de acordo com a hierarquia e a produtividade do servidor –, e que, por conta disso, não tinha respaldo legal para quitar os benefícios a curto prazo. Pinheiro, por sua vez, alegou ter deixado dinheiro em caixa para o benefício e que os valores não necessitavam de empenho.

A presidente interina do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Caetano), Joelma Souza Gomes, confirmou que a administração pagou a nona parcela do abono, mas só após acionar o Ministério do Trabalho. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;