Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Uefa investigará Van Bommel por suas 'bananas'


Da AFP

21/02/2007 | 16:42


A União Européia de Futebol (Uefa) abriu uma investigação sobre as "bananas" dadas pelo holandês do Bayern de Munique, Mark Van Bommel, à torcida madrilena no jogo de ida pelas oitavas-de-final da liga dos Campeões contra o Real Madrid, informou nesta quarta-feira a entidade.

Nas imagens da televisão e nas fotografias, Van Bommel aparece festejando seu gol, o segundo Bayern a dois minutos do final, com o braço dobrado, o punho fechado e segurando a o cotovelo com a outra mão, o gesto característico da "banana" ou "manguito", como também é chamado este ofensivo gesto, na partida que os espanhóis venceram por 3 a 2.

O meio-campista, jogador do Barcelona na temporada passada, se desculpou publicamente ao término do encontro, alegando que não tem "nenhum problema com os torcedores do Real Madrid, mas sim com alguns jogadores merengues".

Mas, por outro lado, a Uefa não investigará as acusações que pesam sobre o bósnio Hassan Salihamidzic, que teria cuspido nos torcedores que estavam na primeira fila do estádio Santiago Bernabéu, ao festejar o gol do companheiro.

Roberto Carlos, lateral esquerdo do Real Madrid, quer que a Uefa puna Mark Van Bommel e Hasán Salihamidzic, por suas atitudes desrespeitosas à torcida madrilena.

"Foi lamentável e são gestos que não servem para nada no futebol. O momento mais bonito de uma partida é quando fazes um gol, se fazes um gesto ou insultas à torcida é uma falta de respeito lamentável", afirmou o lateral esquerdo 'merengue'.

O holandês Mark Van Bommel ofendeu a torcida dando-lhe 'banana', após marcar o segundo gol alemão a dois minutos do término do jogo, enquanto seu companheiro Hasán Salihamidzic, cuspiu nos torcedores que estavam nas primeiras filas de cadeiras do estádio.

"Estou há 18 anos no futebol e me surpreende que atualmente continuem acontecendo coisas como estas. Espero que a Uefa veja e puna-os como merecem. Eu fui suspenso por três jogos por uma agressão que o árbitro não viu", afirmou Roberto Carlos.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Uefa investigará Van Bommel por suas 'bananas'

Da AFP

21/02/2007 | 16:42


A União Européia de Futebol (Uefa) abriu uma investigação sobre as "bananas" dadas pelo holandês do Bayern de Munique, Mark Van Bommel, à torcida madrilena no jogo de ida pelas oitavas-de-final da liga dos Campeões contra o Real Madrid, informou nesta quarta-feira a entidade.

Nas imagens da televisão e nas fotografias, Van Bommel aparece festejando seu gol, o segundo Bayern a dois minutos do final, com o braço dobrado, o punho fechado e segurando a o cotovelo com a outra mão, o gesto característico da "banana" ou "manguito", como também é chamado este ofensivo gesto, na partida que os espanhóis venceram por 3 a 2.

O meio-campista, jogador do Barcelona na temporada passada, se desculpou publicamente ao término do encontro, alegando que não tem "nenhum problema com os torcedores do Real Madrid, mas sim com alguns jogadores merengues".

Mas, por outro lado, a Uefa não investigará as acusações que pesam sobre o bósnio Hassan Salihamidzic, que teria cuspido nos torcedores que estavam na primeira fila do estádio Santiago Bernabéu, ao festejar o gol do companheiro.

Roberto Carlos, lateral esquerdo do Real Madrid, quer que a Uefa puna Mark Van Bommel e Hasán Salihamidzic, por suas atitudes desrespeitosas à torcida madrilena.

"Foi lamentável e são gestos que não servem para nada no futebol. O momento mais bonito de uma partida é quando fazes um gol, se fazes um gesto ou insultas à torcida é uma falta de respeito lamentável", afirmou o lateral esquerdo 'merengue'.

O holandês Mark Van Bommel ofendeu a torcida dando-lhe 'banana', após marcar o segundo gol alemão a dois minutos do término do jogo, enquanto seu companheiro Hasán Salihamidzic, cuspiu nos torcedores que estavam nas primeiras filas de cadeiras do estádio.

"Estou há 18 anos no futebol e me surpreende que atualmente continuem acontecendo coisas como estas. Espero que a Uefa veja e puna-os como merecem. Eu fui suspenso por três jogos por uma agressão que o árbitro não viu", afirmou Roberto Carlos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;