Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Organizadores da Parada Gay apontam dificuldades para realizar evento


Do Diário OnLine
Com Agências

14/06/2006 | 17:38


Organizadores da Parada do Orgulho Gay se reuniram nesta quarta-feira para discutir as dificuldades da realização do evento deste ano, considerado o maior do mundo e que já está na 10ª edição. Segundo o presidente do GLBT, Nelson Matias, os R$ 260 milhões disponibilizados pela SP Turismo para a realização da parada garantem apenas artigos de estrutura básica.

Segundo informações da Rádio CBN, itens importantes como agentes de segurança, cordas de isolamento e banheiros químicos são menores que o necessário. Para Matias, a demora  da confirmação da data da parada por parte dos órgãos públicos dificultou a obtenção de patrocínio. A data do evento deste ano foi definida somente no dia 12 de maio.

O presidente da associação afirma, entretanto, que a parada será mantida, independente das limitações. “Este é um evento importante da cidade, e, mesmo com essas dificuldades, todas as normas de segurança serão atendidas”, disse.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Organizadores da Parada Gay apontam dificuldades para realizar evento

Do Diário OnLine
Com Agências

14/06/2006 | 17:38


Organizadores da Parada do Orgulho Gay se reuniram nesta quarta-feira para discutir as dificuldades da realização do evento deste ano, considerado o maior do mundo e que já está na 10ª edição. Segundo o presidente do GLBT, Nelson Matias, os R$ 260 milhões disponibilizados pela SP Turismo para a realização da parada garantem apenas artigos de estrutura básica.

Segundo informações da Rádio CBN, itens importantes como agentes de segurança, cordas de isolamento e banheiros químicos são menores que o necessário. Para Matias, a demora  da confirmação da data da parada por parte dos órgãos públicos dificultou a obtenção de patrocínio. A data do evento deste ano foi definida somente no dia 12 de maio.

O presidente da associação afirma, entretanto, que a parada será mantida, independente das limitações. “Este é um evento importante da cidade, e, mesmo com essas dificuldades, todas as normas de segurança serão atendidas”, disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;