Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Levir Culpi critica falta de critérios de Luxemburgo


Fábio Guimaraes
Especial para o Diário

31/05/2000 | 00:25


  Sem a presença de França, o Sao Paulo decide nesta quarta sua classificaçao para as quartas-de-final da Copa do Brasil. As 20h30 (com transmissao da Sportv), o time de Levir Culpi enfrenta o América-RN, podendo perder por até dois gols de diferença, já que derrotou os potiguares por 3 a 1 em Natal, semana passada. Mas a ausência de seu principal artilheiro foi o assunto mais comentado pelo treinador sao-paulino, que disparou sua metralhadora giratória contra Wanderley Luxemburgo (técnico da Seleçao Brasileira) e os dirigentes da CBF.

Mesmo podendo escalar nesta quarta o craque - que irá defender a Seleçao contra o Peru pelas eliminatórias sul-americanas, domingo, em Lima -, Levir decidiu abrir mao de sua presença, numa espécie de protesto ao critério adotado por Luxemburgo. Segunda-feira, dia da convocaçao, a CBF havia comunicado o Sao Paulo que França teria de se apresentar nesta quarta à Seleçao, o que impossibilitaria o seu aproveitamento diante do América-RN.

Nesta terça, após a pressao de Eurico Miranda (vice-presidente de futebol do Vasco), que queria contar com o também convocado Edmundo para o clássico com o Fluminense, tudo mudou. Nao só o atacante vascaíno como os demais jogadores foram liberados para defenderem seus clubes, podendo se apresentar a Luxemburgo somente na quinta.

"Isso é uma verdadeira palhaçada. Entra ano, sai ano e os homens que dirigem o futebol brasileiro permanecem com uma mentalidade amadora. Há menos de dois meses, o Luxemburgo nos tirou o Edu e ele foi para a Tailândia só para tomar banho de ducha", reclamou Levir. "Dessa vez, eu já tinha bolado um esquema para a equipe atuar sem o França e, menos de 24 horas depois, me vem a notícia de que eu poderei contar com ele. Agora também nao escalo. Se o França quiser, pode se apresentar amanha (quarta) mesmo à Seleçao".

Mesmo se mostrando revoltado com a situaçao, o técnico do Sao Paulo nao será tao prejudicado como aparenta se mostrar. França ficaria de qualquer maneira de fora do clássico com o Corinthians, sábado, pelas semifinais do Paulista. Portanto, o jogo com o América-RN será uma oportunidade a mais para a formaçao sem seu principal craque ser testada.

"Já decidi pela escalaçao do Evair, que foi muito bem na partida de ida em Natal, na vaga do França. Mas o Marcelinho também será testado no ataque. Ele começa no meio-campo e no decorrer do jogo trocará de posiçao com o Edu", frisou Levir, que nao dá a classificaçao como favas contadas. "É claro que possuímos uma vantagem considerável, porém nao podemos nos acomodar. O futebol está muito nivelado. Veja o exemplo do Atlas (México), que deu uma canseira no Palmeiras pela Libertadores".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Levir Culpi critica falta de critérios de Luxemburgo

Fábio Guimaraes
Especial para o Diário

31/05/2000 | 00:25


  Sem a presença de França, o Sao Paulo decide nesta quarta sua classificaçao para as quartas-de-final da Copa do Brasil. As 20h30 (com transmissao da Sportv), o time de Levir Culpi enfrenta o América-RN, podendo perder por até dois gols de diferença, já que derrotou os potiguares por 3 a 1 em Natal, semana passada. Mas a ausência de seu principal artilheiro foi o assunto mais comentado pelo treinador sao-paulino, que disparou sua metralhadora giratória contra Wanderley Luxemburgo (técnico da Seleçao Brasileira) e os dirigentes da CBF.

Mesmo podendo escalar nesta quarta o craque - que irá defender a Seleçao contra o Peru pelas eliminatórias sul-americanas, domingo, em Lima -, Levir decidiu abrir mao de sua presença, numa espécie de protesto ao critério adotado por Luxemburgo. Segunda-feira, dia da convocaçao, a CBF havia comunicado o Sao Paulo que França teria de se apresentar nesta quarta à Seleçao, o que impossibilitaria o seu aproveitamento diante do América-RN.

Nesta terça, após a pressao de Eurico Miranda (vice-presidente de futebol do Vasco), que queria contar com o também convocado Edmundo para o clássico com o Fluminense, tudo mudou. Nao só o atacante vascaíno como os demais jogadores foram liberados para defenderem seus clubes, podendo se apresentar a Luxemburgo somente na quinta.

"Isso é uma verdadeira palhaçada. Entra ano, sai ano e os homens que dirigem o futebol brasileiro permanecem com uma mentalidade amadora. Há menos de dois meses, o Luxemburgo nos tirou o Edu e ele foi para a Tailândia só para tomar banho de ducha", reclamou Levir. "Dessa vez, eu já tinha bolado um esquema para a equipe atuar sem o França e, menos de 24 horas depois, me vem a notícia de que eu poderei contar com ele. Agora também nao escalo. Se o França quiser, pode se apresentar amanha (quarta) mesmo à Seleçao".

Mesmo se mostrando revoltado com a situaçao, o técnico do Sao Paulo nao será tao prejudicado como aparenta se mostrar. França ficaria de qualquer maneira de fora do clássico com o Corinthians, sábado, pelas semifinais do Paulista. Portanto, o jogo com o América-RN será uma oportunidade a mais para a formaçao sem seu principal craque ser testada.

"Já decidi pela escalaçao do Evair, que foi muito bem na partida de ida em Natal, na vaga do França. Mas o Marcelinho também será testado no ataque. Ele começa no meio-campo e no decorrer do jogo trocará de posiçao com o Edu", frisou Levir, que nao dá a classificaçao como favas contadas. "É claro que possuímos uma vantagem considerável, porém nao podemos nos acomodar. O futebol está muito nivelado. Veja o exemplo do Atlas (México), que deu uma canseira no Palmeiras pela Libertadores".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;