Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo Antônio lota igrejas no ABC


Adriana Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/06/2006 | 07:57


Apesar da estréia no Brasil na Copa do Mundo, a população da região não esqueceu de pedir a bênção a Santo Antonio. As paróquias dedicadas ao padroeiro receberam grande concentração de fiéis durante todo o dia de ontem. Em São Caetano, as comemorações começaram logo pela manhã, com a participação do bispo dom Nelson Westrupp e do prefeito José Auricchio na cerimônia que comemorou os 75 anos do Externato Santo Antônio.

A maior concentração, porém, aconteceu no bairro da Vila Alpina, onde a comunidade organizou quermesse, com bênção dos pães e venda do tradicional bolo. As missas, celebradas a partir das 7h, também ficaram lotadas. Segundo o frei Pedro César Silvério, o dia de Santo Antônio serve para que as pessoas se lembrem da importância da caridade. “Ele foi uma pessoa que defendeu os mais necessitados. Temos de seguir seus ensinamentos e aprender que as coisas materiais não merecem tanta importância”, diz.

Para a dona-de-casa Maria Helena Fernandes, Santo Antônio não merece ser chamado apenas de santo casamenteiro. “Ele é muito poderoso. Graças à sua intercessão pude comemorar a cura da minha filha Simone, que estava com meningite. Há 15 anos que agradeço essa graça”, conta. Já a professora Rosângela Guerra, apesar de não ter feito promessa para casar, diz que não custa nada provar um pedaço do pão no dia 13 de junho. “Minhas alunas já aprenderam a lição”, afirma.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo Antônio lota igrejas no ABC

Adriana Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/06/2006 | 07:57


Apesar da estréia no Brasil na Copa do Mundo, a população da região não esqueceu de pedir a bênção a Santo Antonio. As paróquias dedicadas ao padroeiro receberam grande concentração de fiéis durante todo o dia de ontem. Em São Caetano, as comemorações começaram logo pela manhã, com a participação do bispo dom Nelson Westrupp e do prefeito José Auricchio na cerimônia que comemorou os 75 anos do Externato Santo Antônio.

A maior concentração, porém, aconteceu no bairro da Vila Alpina, onde a comunidade organizou quermesse, com bênção dos pães e venda do tradicional bolo. As missas, celebradas a partir das 7h, também ficaram lotadas. Segundo o frei Pedro César Silvério, o dia de Santo Antônio serve para que as pessoas se lembrem da importância da caridade. “Ele foi uma pessoa que defendeu os mais necessitados. Temos de seguir seus ensinamentos e aprender que as coisas materiais não merecem tanta importância”, diz.

Para a dona-de-casa Maria Helena Fernandes, Santo Antônio não merece ser chamado apenas de santo casamenteiro. “Ele é muito poderoso. Graças à sua intercessão pude comemorar a cura da minha filha Simone, que estava com meningite. Há 15 anos que agradeço essa graça”, conta. Já a professora Rosângela Guerra, apesar de não ter feito promessa para casar, diz que não custa nada provar um pedaço do pão no dia 13 de junho. “Minhas alunas já aprenderam a lição”, afirma.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;